Cartão de Visita Luthuly lançou audiovisual “Voz e Violão” nesta sexta-feira (22) no YouTube

Luthuly lançou audiovisual “Voz e Violão” nesta sexta-feira (22) no YouTube

Com pegada romântica e intimista, último projeto do artista no ano foi captado nos estúdios da Som Livre e traz regravações de três...

Com pegada romântica e intimista, último projeto do artista no ano foi captado nos estúdios da Som Livre e traz regravações de três canções de seu repertório 

Cartão de Visita - Entretenimento

Cartão de Visita - Entretenimento

Cartão de Visita - Entretenimento
Luthuly nos bastidores da gravação do audiovisual “Voz e Violão” Crédito: João Ferro

O cantor e compositor carioca Luthuly se despede de 2023 com um projeto intimista e muito especial: o audiovisual “Voz e Violão”, que sai pelo selo slap e aposta em três regravações de alguns de seus maiores sucessos. Captado no estúdio da Som Livre, no Rio de Janeiro, o conteúdo já está disponível no canal oficial do artista no YouTube - assista aqui

As faixas escolhidas para o encerramento deste novo ciclo são: “Talvez seja melhor assim” - que traz a participação de Izrra -, “Cola Comigo” e “Fixação”, a mais recente e que foi indicada  ao Grammy Latino 2023, na categoria “Melhor Vídeo Musical Versão Curta”. As novas versões acústicas mostram o artista em um cenário aconchegante, montado especialmente para a ocasião. 

Com as relações amorosas como tema em comum, as três canções ganham ares ainda mais românticos com o formato voz e violão e trazem o cantor em um momento artístico mais maduro. Evidenciando toda a sua versatilidade e firmando sua posição como um dos expoentes musicais do R&B no Brasil, antes  do projeto “Voz e Violão”, Luthuly apresentou o EP “O Que É O Amor”, que além da música homônima trouxe as faixas “Fixação”, “Sede”, “Meu Bem” e “Ela”, no qual cada uma representa as diferentes fases do processo de se apaixonar.

“Voz e Violão” - Luthuly

Lançamento Som Livre - 22 de dezembro/2023

Sobre o slap

O slap faz parte da vida de quem busca novas experiências musicais e orgulha-se de, desde 2007, fomentar a cena brasileira e também abrir as portas do mercado para novos artistas. Sua missão é potencializar artistas em construção e empoderar nomes independentes, incentivando o midstream e fazendo com que novos sons, originais e arrojados, cheguem a cada vez mais pessoas. O slap carrega em sua história grandes lançamentos de nomes no mercado como Maria Gadú, Ana Vilela, Silva e Scalene. Seus representantes possuem a autenticidade como característica e atualmente fazem parte do time artistas como Di Ferrero, Hodari, Jonathan Ferr, Luccas Carlos, Luthuly, Maria Gadú, Marô, Gustavo Bertoni, Scalene, Jota.pê e Thiago Pantaleão.

Últimas