Cartão de Visita São Paulo recebe dia 25/01 a Ocupação Hulda Bittencourt: Uma História com a Dança

São Paulo recebe dia 25/01 a Ocupação Hulda Bittencourt: Uma História com a Dança

Em 2024, se estivesse viva, a empresária completaria 90 anos de intensa dedicação à arte que a colocou em um lugar de destaque na dança...

Em 2024, se estivesse viva, a empresária completaria 90 anos de intensa dedicação à arte que a colocou em um lugar de destaque na dança nacional

Cartão de Visita - Entretenimento

Cartão de Visita - Entretenimento

Cartão de Visita - Entretenimento
Hulda Bittencourt

Nascida em 28 de julho de 1934, Hulda Bittencourt (1934-2021) foi um marco na história da dança nacional. Fundadora do Estúdio de Ballet Cisne Negro, a artista também se destacou como empresária, coreógrafa e diretora artística da icônica companhia que completa 47 anos em 2024. Toda essa trajetória de sucesso será relembrada na inédita Ocupação Hulda Bittencourt: Uma História com a Dança, em cartaz na Oficina Cultural Oswald de Andrade a partir de 25 de janeiro, quinta-feira, às 13h. A visitação acontece de segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, e, aos sábados, das 12h às 18h, até 02 de março.

Com idealização e curadoria de Dany Bittencourt, diretora artística da Cisne Negro, e de Marco Prado – conhecido pela curadoria de equipamentos culturais e eventos como o Teatro Estadual de Araras e o FLIV (Festival Literário de Votuporanga) e o Circuito Cultural Paulista (que teve mais de 10 mil apresentações em sua gestão), entre outros grandes projetos –, a grandiosa exposição ocupa o cineclube, o vão central da área de convivencia, a galeria e o hall da Oficina. “Selecionamos mais de 100 peças, considerando vídeos, fotos, figurinos e partes de cenários, para contar a história dessa coreógrafa e bailarina e da jornada da Cisne Negro Cia de Dança. Não me lembro de ver outra exposição sobre o universo da dança com este tamanho, em São Paulo”, comenta Prado.  

"A exposição possui um grande significado, pois acontece em um espaço público, a Oficina Cultural Oswald de Andrade, que homenageia um dos maiores escritores do modernismo brasileiro."
Dany Bittencourt, diretora artística da cia Cisne Negro

Uma prévia da ocupação pôde ser conferida durante o Festival de Dança de Joinville, em 2023, mas, na verdade, essa mostra ficou ainda mais robusta em São Paulo. “O público vai ver os troféus ganhados pela Hulda e pela Cisne Negro, descobrir informações sobre as coreografias criadas pela artista e pelos coreógrafos convidados, assistir a entrevistas especiais e ainda conferir acervos pessoais da artista”, acrescenta o curador.

Estarão reunidas fotos de Hulda com a família, durante seu casamento, junto a algumas de suas alunas e vestida para algumas de suas apresentações. Além disso, haverá trechos de diários, frases e uma cronologia com todas as conquistas da bailarina e de sua companhia. Entre os seus feitos, inclusive, destaca-se a primeira montagem de “O Quebra-Nozes” em São Paulo, tendo o espetáculo já em sua primeira exibição conquistado o prêmio da APCA como “Melhor Espetáculo do Ano”. Em 2023, a obra natalina completou 40 anos consecutivos de apresentações.

A Ocupação Hulda Bittencourt: Uma História com a Dança tem apoio da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, por meio da Poiesis. 

SERVIÇO
Ocupação Hulda Bittencourt: Uma História com a Dança
Abertura: Dia 25 de janeiro, quinta-feira, às 13h.
Visitação até 2 de março de 2024, segunda a sexta-feira, das 10h às 20h, e, aos sábados, das 12h às 18h.
Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade - Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro - São Paulo - SP
Fone: 11 3221 5558
A exposição contará com audiodescrição.
Entrada gratuita | Acessibilidade 

Últimas