Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Família de Lupicínio Rodrigues quer indicação do cantor ao Oscar por filme de 1944

Composição do músico brasileiro foi usada no filme 'Dançarina Loira', que teve a trilha sonora indicada à estatueta

Cinema|Do R7


Lupicínio Rodrigues pode ganhar uma indicação ao Oscar
Lupicínio Rodrigues pode ganhar uma indicação ao Oscar

Quem assistiu ao documentário Lupicínio Rodrigues: Confissões de um Sofredor, de Alfredo Manevy, por certo ficou surpreso com a inserção de um trecho de um velho filme de Hollywood, Dançarina Loura, de Frank Woodroof, de 1944.

Nesse filme, ouve-se uma composição de Lupicínio, uma de suas mais famosas, Se Acaso Você Chegasse, celebrizada no Brasil nas vozes de Ciro Monteiro e Elza Soares. A trilha sonora foi indicada para o Oscar de 1945, mas Lupicínio Rodrigues (1914-1974) não recebeu o crédito.

Agora, a família de Lupi quer a reparação da Academia de Hollywood, sob a forma da inserção do nome de Lupicínio como um dos indicados para o prêmio daquele ano. Em carta endereçada à academia, a família ressalta que não deseja compensação financeira por direitos autorais. Apenas a justa colocação do autor da música como um dos indicados para a mais famosa estatueta do cinema.

O documentário de Manevy, já apresentado na Mostra de Cinema de São Paulo, Festival Aruanda e Mostra de Tiradentes, e com estreia marcada para os próximos meses, registra que Lupicínio ficou sabendo da história.

Publicidade

Assistiu ao filme e, em vez de sentir-se ofendido pela falta do crédito, ficou orgulhoso por figurar num filme americano. Homem simples, na época bedel de uma faculdade em Porto Alegre, preferiu ir comemorar num bar junto aos amigos.

Se Lupicínio deixou a ausência de crédito para lá, também assim o fizeram seus descendentes e herdeiros. Até que, alertados pelo documentário de Manevy, resolveram pedir à academia o que é de direito, a devida autoria de uma música usada na trilha sonora de um filme que chegou a disputar o Oscar.

Publicidade

Para tal, endereçaram uma carta à Academia de Hollywood, usando argumentos consideráveis. Primeiro, a justiça inquestionável da demanda pela autoria. Segundo que, numa época em que se luta contra o racismo e o apagamento da contribuição de artistas negros à cultura, seria duplamente injusto que um compositor afrodescendente como Lupicínio Rodrigues fosse riscado da história do Oscar quando é do seu direito nela figurar. A carta é assinada por Lupicínio Rodrigues Filho e família.

Dançarina Loira é protagonizado por Belita, mix de patinadora e atriz, que contracena com James Ellison na sequência em que se ouve Se Acaso Você Chegasse. Na trama, Belita faz parte de um grupo de dançarinas convocado para fazer um show e salvar um resort de luxo de suas dificuldades financeiras.

Em tudo isso há um mistério ainda a ser resolvido. Como o samba de Lupicínio, que tinha então 32 anos, foi parar numa produção de Hollywood? Não se sabe ao certo, nem o documentário de Manevy se propõe a solucionar o enigma.

Mas a pista talvez esteja na política da boa vizinhança entre os governos norte-americano e brasileiro, que promovia o intercâmbio de bens culturais como forma de aproximação num tempo de tensão internacional máxima com a Segunda Guerra Mundial.

Na mesma época, como se sabe, o cineasta americano Orson Welles veio ao Brasil fazer um documentário, que, aliás, ficou inconcluso.

A curiosidade é que, no mesmo ano, o Brasil teve um outro gênio da música concorrendo ao Oscar. Ary Barroso foi indicado na categoria de Melhor Canção Original por Rio de Janeiro, música do filme Brasil.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

De Viola Davis a Tom Cruise: quem foram os esnobados do Oscar 2023

" gallery_id="63cff59943527f82b100097a" url_iframe_gallery="entretenimento.r7.com/cinema/familia-de-lupicinio-rodrigues-quer-indicacao-do-cantor-ao-oscar-por-filme-de-1944-01042023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.