Cinema Gary Oldman detona a própria atuação como Sirius Black na franquia 'Harry Potter': 'Medíocre'

Gary Oldman detona a própria atuação como Sirius Black na franquia 'Harry Potter': 'Medíocre'

Amado pelos fãs como o personagem, o ator veterano revelou em entrevista que gostaria de ter lido os livros para se preparar melhor, antes de interpretar o bruxo

  • Cinema | Do R7

Gary Oldman caracterizado como Sirius Black

Gary Oldman caracterizado como Sirius Black

Divulgação/Wizarding World/Warner Bros. Pictures

Mesmo que tenha conquistado milhões de fãs pelo mundo como Sirius Black, o ator Gary Oldman revelou recentemente que não gosta da própria atuação nos filmes da franquia Harry Potter. O intérprete do bruxo deu uma entrevista ao podcast Happy Sad Confused, na qual explicou que não considera essa uma de suas melhores performances.

"Acho que meu trabalho [na franquia] é medíocre", desabafou o ator para o apresentador e comediante Josh Horowitz. 

Oldman colocou a preparação para o papel como um dos motivos para não ter sentido tanta confiança em sua atuação.

Ele ainda citou o ator Alan Rickman, famoso na franquia como o professor Snape: "Talvez se eu tivesse lido os livros, como o Alan [Rickman] fez, se eu tivesse me adiantado, se eu soubesse o que estava por vir, eu honestamente acho que o teria feito de maneira diferente", confessou. 

Vencedor do Oscar de Melhor Ator em 2018, por sua atuação como Winston Churchill em O Destino de Uma Nação, Oldman explicou o motivo de ser tão crítico com o próprio trabalho.

"Eu te digo o que é. Como com qualquer coisa, eu acho que se eu sentar, me assistir em algo e dizer: 'Meu Deus, eu estou maravilhoso', este seria um dia muito triste, porque você sempre quer fazer a próxima coisa melhor", contou ele.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

"É algo subjetivo. É uma coisa tão pessoal que você está olhando algo que as outras pessoas não enxergam. Não é para desrespeitar alguém que me diga: 'Olha, eu realmente amei você naquele filme', e eu estou pensando 'Estou terrível naquele filme. Do que eles estão falando?'. Não é isso. É que eles estão vendo outra coisa", completou.

Na web, ele foi elogiado pelos fãs. "Isso é ser uma pessoa realmente humilde. O cara é um mestre, mas ainda assim não traz arrogância com ele. Perfeito", disse um internauta. 

"Para mim ele estava perfeito, sim! Desculpa Gary, nessa você está errado", brincou outra pessoa. "Drácula de Bram Stoker é a obra-prima dele, mas eu o amo em Harry Potter também", elogiou mais um perfil.

De A Pequena Sereia a Mario: saiba quais foram os filmes com as maiores bilheterias em 2023

Últimas