Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Lendário ator Michael Caine se aposenta após 70 anos de carreira

Britânico tem 90 anos e se despede do cinema com o filme 'The Great Escaper', ainda inédito no Brasil

Cinema|

O ator britânico Michael Caine não vai mais fazer filmes
O ator britânico Michael Caine não vai mais fazer filmes O ator britânico Michael Caine não vai mais fazer filmes

Um ícone do cinema britânico, o ator Michael Caine, de 90 anos, anunciou neste sábado (14) que vai deixar as telonas, encerrando sua carreira de sete décadas com o filme The Great Escaper (ainda sem nome em português), aplaudido pela crítica. 

Caine atuou em mais de 160 filmes e foi seis vezes indicado ao Oscar, conquistando a cobiçada estatueta por seu trabalho em Hannah e suas Irmãs, de Woody Allen, em 1986, e por Regras da Vida, em 2000.

"Não paro de dizer que vou me aposentar. Pois bem, este é o caso agora", disse ele à BBC Radio 4. "Disse a mim mesmo que tinha acabado de fazer um filme, no qual interpretei o papel principal e pelo qual recebi críticas incríveis... O que vou fazer para superar isso?", explicou. 

The Great Escaper, que estreou em 6 de outubro no Reino Unido, conta a história real do veterano da Segunda Guerra Mundial Bernie Jordan, que fugiu da casa de repouso onde morava para assistir à cerimônia pelo 70º aniversário do Desembarque de 1944 na Normandia, França. Compartilha a cena com Glenda Jackson, que morreu em junho, aos 87 anos. 

Publicidade

"Os únicos papéis que podem me dar agora são os de homens de 90 anos. Ou talvez de 85", disse. "Não serão protagonistas. Não existem protagonistas de 90 anos, existem garotos e garotas jovens e sedutores. Então disse a mim mesmo que o melhor é ir embora", comentou. 

Maurice Joseph Micklewhite nasceu em 14 de março de 1933, no sul de Londres, em um ambiente pobre. 

Publicidade

Quando buscava um nome artístico, descobriu o pôster do filme The Caine Mutiny (A Nave da Revolta, no Brasil) e adotou o nome do navio como pseudônimo, em 1954. 

O ator foi uma das primeiras personalidades do mundo da cultura a se pronunciar a favor do Brexit, em 2016. "Sir Michael" foi condecorado pela rainha Elizabeth 2ª em 2000.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.