Cinema Oscar 2023 não aceitará filmes exibidos apenas no streaming

Oscar 2023 não aceitará filmes exibidos apenas no streaming

Candidatos terão que exibir os filmes por sete dias consecutivos em salas de cinema

Agência Estado - Política
Candidatos ao Oscar terão que lançar filmes obrigatoriamente nos cinemas

Candidatos ao Oscar terão que lançar filmes obrigatoriamente nos cinemas

Teste

O Oscar está voltando ao normal, em termos de elegibilidade. Após dois anos de ajustes relacionados à pandemia de Covid-19, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas informou na quarta-feira (18) que os candidatos ao Oscar terão mais uma vez que lançar seus filmes nos cinemas.

Os filmes qualificados podem estrear nos cinemas e em serviço de streaming, mas sua exibição nos cinemas deve durar no mínimo sete dias consecutivos, com pelo menos uma exibição por dia em uma das salas selecionadas para que o filme seja elegível. Os locais ainda são Los Angeles, Nova York, Chicago, Miami, Atlanta e a área da baía de São Francisco, todos nos EUA.

As regras e mudanças para o 95.º Oscar, em 2023, foram aprovadas pelo conselho da organização em sua reunião mais recente, na qual determinaram que a janela de elegibilidade retornaria ao padrão. Também foi aprovado que filmes individuais não podem enviar mais de três canções para o prêmio de melhor música original.

A organização ainda distribuiu diretrizes atualizadas para campanhas de premiação para "manter um alto grau de justiça e transparência" na forma como as empresas cinematográficas e os indivíduos promovem os filmes. Essas diretrizes se concentram em promoções, exibições, contato com membros e hospitalidade.

Uma regra diz que "nenhum material promocional, ou qualquer coisa de valor, pode ser dado aos membros em exibições ou de outra forma", após as indicações e até o encerramento das votações. "As exibições não podem incluir recepções, entretenimento, comida e bebida de cortesia ou outra hospitalidade."

Também limita o número de emails que os votantes podem receber sobre um filme específico por semana, e os membros do ramo musical não podem entrar em contato diretamente com outros do mesmo segmento para promover a indicação de qualquer música ou partitura. E não devem participar de exibições ou eventos com apresentações ao vivo de música qualificada.

A Academia reiterou que os membros devem tomar decisões "baseadas apenas nos méritos artísticos e técnicos dos filmes". As consequências da violação das diretrizes incluem desqualificação e possível suspensão ou expulsão da Academia.

A 95.ª edição do Oscar será realizada em Los Angeles no dia 12 de março de 2023.
Fonte: Associated Press

Últimas