Entretenimento Clássico de Magritte e obras de Monet vão a leilão em Londres

Clássico de Magritte e obras de Monet vão a leilão em Londres

ARTE-LEILAO-MAGRITTE:Clássico de Magritte e obras de Monet vão a leilão em Londres

Reuters - Entretenimento

Por Angus MacSwan

LONDRES (Reuters) - A paradoxal pintura de René Magritte "L'Empire des Lumieres" (O Império das Luzes) --que retrata uma rua noturna sob um céu azul brilhante-- será leiloada em Londres na próxima semana e pode atingir um preço recorde para uma obra do surrealista belga.

A pintura, descrita pela casa de leilões Sotheby's como "uma obra-prima da arte do século 20", tem uma estimativa de mais de 45 milhões de libras (60 milhões de dólares).

É a atração principal do leilão de arte moderna e contemporânea da Sotheby's, que também apresenta seis pinturas do impressionista Claude Monet, bem como obras de Picasso, Van Gogh, David Hockney e outros.

"O Império das Luzes", de 1961, faz parte de uma série de 17 óleos semelhantes e 10 outras obras que retratam a cena que Magritte produziu entre os anos 1940 e 1960.

A que vai a leilão em 2 de março foi pintada para Anne-Marie Gillion Crowet, amiga de Magritte e filha de seu patrono, o colecionador belga Pierre Crowet. Desde então, está nas mãos da família.

A pintura mostra uma rua escura em Bruxelas, com as silhuetas das árvores e uma casa com a luz brilhando das janelas e um poste de luz. Acima está o céu azul e nuvens brancas.

"É provavelmente uma de suas imagens mais famosas", disse à Reuters Helena Newman, chefe mundial de arte impressionista e moderna da Sotheby's.

Ela afirmou que a estimativa de mais de 60 milhões de dólares "leva a um território recorde de preços para Magritte".

A imagem apareceu em outras formas, incluindo uma cena do filme "O Exorcista" de 1973, cujo pôster prestou homenagem à obra.

Últimas