Famosos e TV Após acidente com Kayky Brito, Bruno De Luca anuncia pausa na carreira: 'Repensar a minha vida'

Após acidente com Kayky Brito, Bruno De Luca anuncia pausa na carreira: 'Repensar a minha vida'

De Luca estava com Kayky Brito momentos antes de ele sofrer o acidente, em setembro; apresentador foi indiciado por omissão de socorro um mês depois

  • Famosos e TV | Do R7

Reprodução/Record TV

O ator e apresentador Bruno De Luca anunciou que fará uma pausa em sua carreira, em vídeo publicado nas redes sociais, nesta quarta-feira (6). Na mensagem, ele cita acontecimentos que serviram para repensar sua vida profissional e pessoal. De Luca estava com Kayky Brito momentos antes de ele sofrer o acidente, em setembro. Ele foi indiciado por omissão de socorro um mês depois.

"Eu passei por muita coisa neste ano. E esses acontecimentos serviram para eu repensar minha vida pessoal, e minha vida profissional", iniciou ele, na gravação. "E, sobre a minha vida profissional, eu queria dizer que resolvi fazer uma pausa, tirar um período só para mim. Eu quero tirar um tempinho que eu ainda não sei quanto tempo ainda afastado dos meus compromissos na TV", acrescentou.

"Eu trabalho desde os 10 anos, sem parar, e eu não quero perder nenhuma parte da minha vida que eu acho importante, como essa daqui [o apresentador se refere à filha, Aurora, de um ano e dois meses]. Eu quero viajar muito! A gente vai continuar sempre com esse diálogo aberto aqui e eu conto muito com vocês! Até breve", concluiu.

Imagens obtidas pelo Domingo Espetacular, da RECORD, revelam que De Luca não socorreu o artista (e amigo) durante o atropelamento, ocorrido em uma avenida da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. Na gravação, ele coloca as mãos na cabeça, atravessa a avenida, vai em direção ao carro dele, mas, em nenhum momento, se aproxima do local do acidente.

Em depoimento prestado à 16ª DP (Delegacia de Polícia), o apresentador disse que só ficou sabendo que o amigo era a vítima do atropelamento um dia depois do acidente. Ele negou ter ingerido bebida alcoólica ou qualquer tipo de droga, mas afirmou que não lembrava como chegou em casa.

Inicialmente, a polícia decidiu não indiciar Bruno, mas o promotor Márcio Almeida Ribeiro da Silva solicitou sua autuação por omissão de socorro.

Advogados criminalistas ouvidos pelo R7 disseram que De Luca poderia ser enquadrado por falso testemunho, caso fosse comprovada uma eventual mentira em seu depoimento à polícia, mas não ser punido por omissão de socorro a Kayky Brito.

Últimas