Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Aracy Balabanian morre aos 83 anos no Rio de Janeiro

Atriz foi diagnosticada com câncer no pulmão no fim do ano passado e estava internada no Rio de Janeiro

Famosos e TV|Do R7

Aracy Balabanian morre, aos 83 anos
Aracy Balabanian morre, aos 83 anos Aracy Balabanian morre, aos 83 anos

A atriz Aracy Balabanian, de 83 anos, morreu nesta segunda-feira (7). A informação foi confirmada por amigos e familiares nas redes sociais. Ela foi diagnosticada com câncer de pulmão no fim do ano passado e estava internada na Clínica São Vicente, na zona sul do Rio de Janeiro.

Ao R7, a Clínica São Vicente enviou um comunicado sobre a morte da artista. "A Clínica São Vicente lamenta a morte da paciente Aracy Balabanian na manhã desta segunda-feira (07) e se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda. O hospital também informa que não tem autorização da família para divulgar mais detalhes", disse o hospital.

O local do velório e do sepultamento ainda não foi publicado.

Filha de imigrantes armênios, Aracy Balabanian nasceu na cidade de Campo Grande (MS), em 22 de fevereiro de 1940. A paixão pela arte dramática aconteceu quando ela ainda era jovem, já em São Paulo, e foi levada ao teatro pelas irmãs para assistir a uma peça de Carlos Goldoni com a companhia de Maria Della Costa. 

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Assim como tantos de sua época, Aracy esbarrou no preconceito familiar. Seu pai era contra a ideia de ter uma filha atriz. Mas a vontade de estar nos palcos foi maior, e ela, então, realizou seu grande sonho.

Entre a extinta TV Tupi e a atual Rede Globo, Aracy Balabanian participou de mais de 40 produções. Na emissora carioca, destaque para as personagens que caíram no gosto do grande público: Dona Armênia, de A Rainha da Sucata (1990), Cassandra, de Sai de Baixo (1996-2002), e Gemma, de Passione (2010).

No teatro, integrou o elenco das peças Os Ossos do Barão (1963), Hair (1964), Brecht, Segundo Brecht (1977) e Dias Felizes (1995), entre outras. No cinema, teve destaque ao levar a icônica Cassadra de Sai de Baixo (2019) para as telonas.

Relembre a trajetória de Aracy Balabanian na televisão brasileira

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.