Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Kutcher e Mila Kunis pedem desculpas por carta em defesa de ator condenado por estupro

O casal – que conheceu Danny Masterson quando eles protagonizaram a série That '70s Show – enviou as cartas à juíza para pedir uma pena menor

Famosos e TV|Do R7

Ashton Kutcher e Mila Kunis
Ashton Kutcher e Mila Kunis Ashton Kutcher e Mila Kunis

Após escreverem carta em defesa do ator Danny Masterson, condenado a 30 anos de prisão por estupro, Ashton Kutcher e Mila Kunis publicaram vídeo, neste sábado (9), no qual pedem desculpas e dizem estar cientes da dor que o conteúdo pode ter causado. Na gravação, o casal também garante apoiar as vítimas.

"Há alguns meses, a família de Danny nos contatou pedindo para que a gente escreva cartas para representar a pessoa que conhecemos por 25 anos, para que a juíza pudesse considerar em sua sentença", afirmou Kutcher.

"As cartas não foram escritas para questionar a legitimidade do sistema judicial ou a validade da sentença da juíza", prosseguiu Kunis. "Elas eram para o juiz e não tinham como propósito minimizar o depoimento das vítimas ou traumatizá-las novamente, de modo algum. Nós nunca quisemos isso e pedimos desculpa se isso aconteceu", completou Kutcher.

Na gravação, Kunis finaliza ressaltando o apoio às vítimas de assédio sexual. "Nosso coração fica com cada uma das pessoas que foi vítima de assédio sexual, abuso ou estupro."

Publicidade

Casal conheceu Masterson durante série

Segundo a imprensa americana, os atores Ashton Kutcher e Mila Kunis, entre outros, enviaram cartas em apoio a Masterson antes de ele receber a sentença por estupro.

Publicidade

"Danny não foi nada além de uma influência positiva" sobre mim, escreveu Kutcher, que chamou o colega, membro da Igreja da Cientologia, de "modelo a ser seguido", informou a publicação especializada Variety.

O casal — que conheceu Masterson quando eles protagonizaram a série That '70s Show — enviou as cartas à juíza Charlaine Olmedo, para pedir uma pena menor, apesar de saber da gravidade das acusações.

Publicidade

Masterson — considerado culpado em maio pelo estupro de duas mulheres — recebeu na quinta-feira (7) uma sentença de pelo menos 30 anos de prisão.

"Não acredito que ele seja um perigo iminente para a sociedade, e sua filha ser criada sem um pai presente seria, por si só, uma injustiça", afirmou Kutcher. "Ele é um ser humano extraordinariamente honesto. Ao longo de um relacionamento de 25 anos, sequer me lembro de ele ter mentido para mim. Ele me ensinou a ser direto e a enfrentar os problemas da vida e dos relacionamentos de cabeça erguida e seguindo em frente."

"Atesto de todo o coração o caráter excepcional de Danny Masterson e a tremenda influência positiva que ele teve sobre mim e as pessoas que o cercam", ressaltou Mila Kunis em outra carta. Ambos os atores insistiram em que Masterson, acusado de drogar suas vítimas antes de estuprá-las, caracterizou-se por levar uma vida livre de drogas.

Segundo a imprensa americana, mais de 50 pessoas enviaram cartas à juíza em apoio a Masterson, entre elas os atores Giovanni Ribisi e William Baldwin.

Esse foi o segundo julgamento por estupro que o ator enfrentou, depois que o processo anterior foi anulado em novembro, devido a outro júri não ter conseguido chegar a uma decisão unânime.

*Com informações da agência de notícias AFP

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.