Famosos e TV Atriz que ficou ferida 55 horas em mata fechada fala de recuperação

Atriz que ficou ferida 55 horas em mata fechada fala de recuperação

Ashely Judd quase perdeu uma das pernas enquanto fazia uma expedição pelo Congo

Ashley Judd ainda se recupera da queda, e já conta com a ajuda de fisioterapeutas

Ashley Judd ainda se recupera da queda, e já conta com a ajuda de fisioterapeutas

Reprodução/Instagram

A atriz Ashley Judd, que levou 55 horas para conseguir sair de uma mata fechada, após sofrer um grave acidente na floresta do Congo, voltou as redes sociais para contar aos seguidores como anda sua evolução médica. Em fevereiro, a atriz de 52 anos caiu enquanto fazia uma expedição, e acabou fraturando quatro pontos da perna direita. O tombo também acabou danificando um nervo.

"Não entendo por que isso aconteceu ou o que aconteceu. Eu entendo que fui amada e recebi uma ajuda enorme. Eu entendo que as noites são uma agonia selvagem", disse a atriz, agradecendo aos médicos que levaram sete horas para operar ela. "Foi um trabalho brilhante", acrescentou. 

E seguiu. "Foi preciso força, foco e humildade para consultar alguns especialistas em todo o país, a quem também agradeço profundamente. Todos no Hospital Skyline, obrigado pelo abrigo. Eu amei o doce espírito do zelador que limpou meu quarto, minha brilhante garota do dia da nutrição, e sempre, minhas enfermeiras consumadas e ternas", escreveu. 

Atriz foi ajudada por moradores locais

Atriz foi ajudada por moradores locais

Reprodução/Instagram

Em um longo texto, Ashley agradeceu a todo as as pessoas que têm a auxiliado no dia a dia e nas pequenas tarefas. "São numerosos demais para mencionar... Eles fazem por mim o que eu não posso fazer - preparar refeições, lavar meu cabelo, e eles também oferecem a profunda direção espiritual e consolo de tentar começar (a vida de novo). Eles também oferecem e satisfam minha necessidade de silêncio", disse.

E finalizou. "Obrigada, todos aqui e em todos os lugares, pela boa vontade, e que possamos estar atentos às necessidades dos outros".

O acidente

No dia 16 de fevereiro, atriz Ashley Judd fez um relato impressionante nas redes sociais contando como foi o acidente que sofreu que quase a levou uma das pernas. Sem meus irmãos e irmãs congoleses, minha hemorragia interna provavelmente teria me matado e eu teria perdido minha perna". 

Foram 55 horas de agonia para poder deixar o local do acidente e seguir para um hospital na África do Sul, disse a atriz. "Eu acordo chorando de gratidão, profundamente comovida por cada pessoa que contribuiu com algo para dar vida e salvar o espírito durante minha exaustiva odisseia de 55 horas".

Ashley Judd disse que ao tropeçar em um tronco, ela fraturou o membro inferior em quatro partes e ainda sofreu uma lesão no nervo, ao acompanhar pesquisadores procurando espécies ameaçadas de extinção.

Atriz foi levada de moto a um hospital mais próximo da cidade

Atriz foi levada de moto a um hospital mais próximo da cidade

Reprodução/Instagram

"Dieumerci permaneceu sentado, sem ficar inquieto ou hesitante, durante cinco horas no chão da floresta. Ele estava comigo na dor mais aguda. Ele foi minha testemunha", escreveu a atriz, se referindo ao homem que usou sua própria perna como talo para proteger seu membro.

A atriz também falou de um homem chamado Papa Jean. "Ele me encontrou, miserável e selvagem no chão, e calmamente avaliou minha perna quebrada. Ele me disse o que precisaria fazer. Eu mordi um tronco. Segurei Maud. E com precisão, Papa Jean começou a manipular minha perna e ajustar meus ossos quebrados para ficarem em uma posição que eu pudesse ser transportada, enquanto eu gritava e me contorcia", relatou a atriz.

Judd disse ainda que precisou ser transportada em uma maca improvisada e carregada em uma moto.

A atriz também contou com os cuidados e a solidariedade das mulheres da região. "Minhas irmãs que me seguraram. Elas me abençoaram", escreveu ela.

Últimas