Famosos e TV Baldwin fala pela 1ª vez sobre tiro em diretora: 'Ela era minha amiga'

Baldwin fala pela 1ª vez sobre tiro em diretora: 'Ela era minha amiga'

O ator disse que não está autorizado a comentar o acidente, pois o caso ainda está sendo investigado

  • Famosos e TV | Do R7

Baldwin fala pela 1ª vez sobre tiro em diretora: 'Ela era minha amiga'

Baldwin fala pela 1ª vez sobre tiro em diretora: 'Ela era minha amiga'

Angela Weiss/AFP - 1º.4.2019

Alec Baldwin foi perseguido por jornalistas neste sábado (30) e parou para falar, pela primeira vez, sobre o tiro acidental que disparou contra a diretora de fotografia Halyna Hutchins no set de filmagens de Rust.

De acordo com as imagens feitas pela Fox News, é possível ver que o ator está acompanhado da esposa, Hilaria Baldwin, e muito abalado com os últimos acontecimentos.

"Eu não tenho permissão para fazer qualquer comentário porque ainda está sob investigação. Eu tenho uma ordem do departamento de polícia de Santa Fé, não posso responder nenhuma pergunta sobre a investigação. Ela era minha amiga", disse ele.

"No dia que eu cheguei em Santa Fé para começar a gravar, eu levei ela para jantar, com Joel, o diretor. Nós éramos uma equipe muito bem estruturada gravando um filme juntos e então esse evento terrível aconteceu", acrescentou.

A reportagem diz ainda que o artista afirmou não ter informações sobre o curso das investigações, mas admitiu que o tiro fatal em Halyna é um "evento de 1 em 1 trilhão".

“Tem acidentes em sets de filmagem de tempos em tempos, mas nada como isso. Esse é 1 episódio em 1 trilhão. Então ele [marido de Halyna] está em choque, o filho dele de 9 anos também. Nós estamos em contato constante com ele, porque estamos preocupados com a família dele e o filho.", falou.

Em seguida, Baldwin disse que agora está "extremamente interessado" em limitar o uso de armas de fogo no set.

"Mas lembre-se de quantas balas foram disparadas em filmes e programas de TV nos últimos 75 anos? Bilhões. Esta é a América. Quase todas elas não tiveram acidentes. Agora, nós temos que perceber que quando algo dá errado, como essa coisa catastrófica, novas medidas têm que ser implantadas. Armas de borracha, armas de plástico, nada real no set. Isso não é algo que ainda precisa ser decidido, é urgente", afirmou.

O ator ainda acrescentou que é totalmente a favor de uma mudança nos sets de filmagem no que diz respeito ao uso de armas. "Isso não cabe a mim decidir. É urgente que você entenda que não sou um especialista nesse campo; portanto, seja o que for que as outras pessoas decidam, é a melhor maneira de fazer em termos de proteção da segurança das pessoas em sets de filmagem, sou totalmente a favor e vou cooperar com isso de todas as maneiras que puder."

Baldwin também comentou a perseguição feita pelos jornalistas. “Algo mais? Me façam um favor, meus filhos estão no carro chorando”, disse o ator, ao que sua esposa completou “porque vocês estavam nos seguindo e eles sabem”. “Como cortesia para você, eu saí [pra falar], agora, por favor, você poderia parar de nos seguir e nos deixar em paz?”, completou Baldwin.

Últimas