Famosos e TV Britney é acusada de gordofobia: 'Só existe um jeito de parecer magra, sair com pessoas gordas'

Britney é acusada de gordofobia: 'Só existe um jeito de parecer magra, sair com pessoas gordas'

Cantora disse ainda que Christina Aguilera escolhe as bailarinas conforme o corpo e ganhou unfollow da artista

Resumindo a Notícia
  • Britney Spears foi acusada de gordofobia por internautas após comentário de mau gosto

  • 'Eu descobri que só existe um jeito de parecer magra: sair com pessoas gordas', postou ela

  • Cantora ainda disse que Christina Aguilera escolhe as bailarinas conforme o corpo

  • 'Por favor, delete isto', escreveu um internauta

Britney é acusada de gordofobia por internautas

Britney é acusada de gordofobia por internautas

Reprodução/Instagram

Britney Spears foi criticada por internautas após postar uma frase considerada gordofóbica no Instagram. A cantora compartilhou uma imagem com a citação: "Eu descobri que só existe um jeito de parecer magra: sair com pessoas gordas".

Na legenda, Britney ainda disse que Christina Aguilera escolhe as bailarinas conforme o corpo, e recebeu unfollow da artista. "Eu gostaria de ter escolhido as babás para meus filhos, minhas bailarinas. Se eu tivesse as bailarinas de Christina Aguilera, eu teria parecido extremamente pequena", acrescentou.

"Por que não falar sobre isso? Você não acha que minha confiança teria sido um pouco melhor se eu pudesse escolher onde eu morava, comia, para quem eu ligava, namorava e quem estava no palco comigo?", completou.

Além disso, a cantora contou que, às vezes, é difícil ver o quanto da feminilidade dela foi removida no passado: "E todas as pessoas se sentaram e não disseram nada! Enfim? Estarei aqui falando de coisas que as pessoas nunca falaram".

"Eu amo a Brit, mas isso foi de mau gosto. Body shaming ("vergonha do corpo", em tradução livre para o português) para se sentir melhor", escreveu um internauta. "Por favor, delete isto", postou outro. "A única coisa que dá confiança a uma mulher é o quão magra ela é? Triste", falou mais um.

Últimas