Camila Pitanga vai receber da Playboy R$ 330 mil por reprodução indevida de foto nua

Nathalia Dill também será indenizada em R$ 70 mil 

Camila Pitanga vai receber da Playboy R$ 330 mil por reprodução indevida de foto nua

A 1ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou que a revista Playboy indenize a atriz Camila Pitanga em R$ 330 mil. Isso porque, em dezembro de 2012, a publicação reproduziu fotos de cenas da atriz nua retiradas do filme Eu Receberia as Piores Notícias de Seus Lindos Lábios. De acordo com o advogado da atriz, Ricardo Brajterman, a publicação usou três fotos do longa sem autorização da estrela. 

— A revista colocou uma chamada em destaque na capa e a manchete dizia: 'Sexo no cinema e na TV, cenas muito quentes de Nathália Dill, Camila Pitanga, Juliana Paes e Alessandra Negrini'. E no conteúdo, tinham fotos das atrizes tiradas de filmes ou seriados que tinham feito no ano.

Segundo Brajterman, Nathalia Dill irá receber uma indenização de R$ 70 mil. O caso da atriz foi julgado na 44ª Vara Cível da cidade. Juliana Paes e Alessandra Negrini não entraram com processo.

— A Playboy fez o uso das imagens sem autorização prévia. Elas sempre se manifestaram de forma clara, dizendo não ter o desejo de posar para revistas masculinas. A revista fez o que tanto repudia, que é a pirataria. As imagens do nu nos filmes passam em fração de segundos de forma quase que imperceptível.

Brajterman disse ainda que pretende recorrer para que a indenização por parte da revista seja ainda maior. 

— Vamos recorrer, sim. Não é a primeira vez que a revista faz isso, e os valores fixados nas punições anteriores não serviram de desestímulo para que a Playboy continue agindo dessa forma.

Alexandro Fidalgo, advogado da revista, disse ao R7 que a decisão judicial não é definitiva e que irá recorrer.

Acesse o R7 Play e assista à programação da Record quando quiser