Cássia Kis revela ter sofrido assédio sexual por dentista aos 11 anos 

Atriz contou que foi vítima de abuso outras duas vezes, uma delas recentemente, com um odontologista famoso: 'Fiquei traumatizada'

Cássia também foi vítima de assédio moral

Cássia também foi vítima de assédio moral

Alex Palarea/Agnews

Aos 62 anos e com mais de 40 na TV, Cássia Kis revelou, em entrevista para a coluna Beira-Mar, da revista Veja Rio, que tem planos de escrever uma autobiografia sobre a trajetória profissional e pessoal. Entre os temas abordados, a atriz afirmou que quer falar sobre assédio sexual.

Cássia contou, na mesma entrevista, que foi assediada sexualmente pelo dentista quando tinha apenas 11 anos.

"Tenho muita história para contar. Sou uma mulher que conhece com muita força as questões do assédio sexual e moral. Eu fui assediada sexualmente pela primeira vez aos 11 anos, pelo meu dentista", relembrou a atriz, que foi vítima de um outro homem recentemente.

"Depois, fui assediada mais duas vezes, a mais recente na última década. Também era dentista, famoso. Não vou citar o nome porque vou acabar com a carreira dele, mas o denunciei para o próprio filho. Ele tinha que saber o que o pai fez. Fiquei traumatizada", desabafou.

Cássia também revelou que já foi vítima de assédio moral: "Sofri no trabalho e fora dele. Esse é terrível porque você mata as pessoas aos poucos, sem sujar as mãos. Me fizeram muito mal. No meu livro, não vou xingar ninguém, só vou mostrar como nós podemos ser perigosos e cruéis".

A atriz comentou ainda como tem lidado com o isolamento social e confessou estar triste diante da situação de pandemia que assola o país e o mundo.

"Choro todos os dias e, às vezes, tenho a sensação de que estou testemunhando o fim do mundo, porque não dá para viver em paz sabendo que tem gente sem ter o que comer, sem acesso à saúde", lamentou.