Famosos e TV Diretor de A Fazenda promete mais perrengues e Roberto Justus se espanta: "Estou com pena deles"

Diretor de A Fazenda promete mais perrengues e Roberto Justus se espanta: "Estou com pena deles"

Oitava edição do reality show estreará cheia de novidades na próxima quarta (23)

  • Famosos e TV | Ana Paula de Freitas, do R7

Diretor de A Fazenda, Rodrigo Carelli avisa que nova edição do reality show terá mais perrengues para os peões

Diretor de A Fazenda, Rodrigo Carelli avisa que nova edição do reality show terá mais perrengues para os peões

Thiago Duran/AgNews

A oitava edição de A Fazenda chegará cheia de novidades. Além do apresentador Roberto Justus — que garante ser mais descontraído frente às câmeras —, o reality show promete muito mais perrengues para os participantes.

Diretor do programa, Rodrigo Carelli já avisou que os 16 participantes — que serão revelados apenas na quarta-feira (23), dia da estreia —, irão passar por maus bocados na sede em Itu.

— Teremos mais novidades para esta edição, na mecânica e no visual da sede. Além disso, eles vão passar muito perrengue. Eles vão passar muito mais apuros neste sentido.

Nas edições anteriores, os peões que perdiam a Prova da Chave eram mandados para o celeiro, onde viviam com recursos reduzidos, tomavam banho com água do poço e dormiam até em montes de feno.

Roberto Justus, que estreará como o apresentador de A Fazenda, já conheceu as instalações e admitiu que está com pena dos futuros peões.

— Tem um lance que a gente vai anunciar na quarta-feira que me deu uma pena dos caras. Meu Deus, se eu tivesse esse castigo que eles vão ter com a Prova da Chave. É inacreditável dessa vez. É muito pior do que era nas outras edições. É ruim, não é legal. Eu fui ver onde eles vão ficar. É terrível. Tomara que eles não leiam, senão vão desistir.


Substituto de Britto Jr. na apresentação de A Fazenda, Roberto Justus está ansioso para estrear à frente do reality show, principalmente para quebrar com o estigma de "homem sério e exigente" que carrega desde a primeira edição de O Aprendiz.

— É um novo momento, um estilo diferente, porque a decisão agora está com o público. A minha função é dar o ritmo, conduzir o programa. Estou muito confiante que vai ser bacana. 

Questionado por seu estilo mais durão nas outras temporadas de O Aprendiz, Justus faz questão de ressaltar que, ali na telinha, não era ele. O apresentador promete ser mais descontraído em A Fazenda.

— Estou mais leve até na alegria de apresentar esse programa. É divertido, é gostoso, um desafio incrível. As pessoas vão ver o Roberto do dia a dia. No Aprendiz, eu tinha que ser mais duro, eu tinha que ser o chefe implacável que bota medo nas pessoas, até para saber como elas iriam reagir. Eu não preciso ser assim na Fazenda. O Carelli viu a minha dedicação na gravação do piloto [episódio teste feito antes do programa ir ao ar]. Sou humilde na hora de ouvir, de entender o que não conheço.

A Fazenda estreia na próxima quarta-feira (23), com edição especial da Prova da Chave, ao vivo. Os participantes entrarão na sede na tarde do dia anterior. Nesta edição, a votação será sempre às terças-feiras. Já a Prova do Fazendeiro será às quartas, enquanto a eliminação será na quinta.

Dois dos 16 participantes serão revelados na próxima segunda-feira (21), ao vivo, no programa Xuxa Meneghel. Ao R7, Carelli contou que o elenco desta edição está bastante heterogêneo.

— São níveis de fama diferentes, histórias de vida diferentes, histórias na mídia diferentes, personalidades bem variadas. Desde a mais tímida a mais polêmica. Para gente, a nota de corte é querer ganhar o prêmio de R$ 2 milhões. É fundamental ser competitivo, descobrir personalidades que podem render e surpreender. Gente que para a mídia parece um tipo de pessoa, mas ali pode ser completamente diferente.

Acesse o R7 Play e assista à programação da Record quando quiser 

Últimas