'Em Nome da Justiça': mamadeira de cocaína teria matado bebê

Programa da Record TV mostra a continuação do caso após prisão de Daniele Toledo de Prado, apresenta mais detalhes e como o caso terminou

Ilana Casoy e Luiz Bacci comandam o programa

Ilana Casoy e Luiz Bacci comandam o programa

Antonio Chahestian/ Record TV

O sexto episódio de Em Nome da Justiça, que vai ao ar nesta quinta-feira (5), destaca o caso de Daniele Toledo de Prado, acusada de colocar cocaína na mamadeira da filha.

Depois de uma gestação saudável, a segunda filha de Daniele, Victoria, nasce prematura e frágil. Com pouco mais de um ano de idade, ela sofre convulsões, desmaios e, após passar muito mal, é levada ao pronto socorro e morre.

A médica acusa Daniele de ter matado a filha com doses elevadas de cocaína na mamadeira. A mãe é presa e não tem a chance de enterrar Victória.

O programa mostra a continuação da história, apresenta mais detalhes e como o caso terminou.

Em Nome da Justiça é comandado, ao vivo, por Luiz Bacci, com participação de uma das maiores estudiosas brasileiras do assunto, a criminóloga Ilana Casoy. A atração, que estreou em janeiro, analisa decisões judiciais de crimes que até hoje despertam dúvidas sobre a inocência ou culpa dos acusados e chama a atenção para os erros cometidos pelo sistema.

Em Nome da Justiça vai ao ar toda quinta-feira, às 22h30.