Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Ex de MC Dricka mostra hematomas após fazer B.O. por violência doméstica

Larissa Novais publicou fotos do corpo roxo e de orelha sangrando; artista só vai se pronunciar após a apuração jurídica dos fatos 

Famosos e TV|Isabelle Gandolphi, da Agência Record

Larissa postou foto em que mostra machucados após ter acusado MC Dricka de violência doméstica
Larissa postou foto em que mostra machucados após ter acusado MC Dricka de violência doméstica Larissa postou foto em que mostra machucados após ter acusado MC Dricka de violência doméstica

A modelo Larissa Novais, ex de MC Dricka, publicou fotos com hematomas pelo corpo e alegou que foram causados pela funkeira enquanto elas namoravam.

Os primeiros relatos teriam sido feitos no dia 18 de novembro, quando a modelo até acionou a Polícia Militar após ter sido agredida pela namorada, Fernanda Andrielli Nascimento dos Santos.

Na ocasião, a assessoria da cantora publicou uma nota em que afirmava que "a equipe jurídica estava apurando as acusações imputadas e todos os episódios narrados, para somente após a conclusão de todos os trabalhos realizar o pronunciamento oficial".

Porém, quase um mês depois, nenhum outro posicionamento foi divulgado. Neste domingo (11), a vítima voltou a se manifestar sobre o assunto.

Publicidade

Ela iniciou os stories dizendo "Bom dia gente, como eu havia dito ontem, não vou mais me calar sobre o assunto!!!!".

"Antes de qualquer coisa, sim, houve agressão física, fiz o boletim de ocorrência, fiz corpo de delito. Tenho fotos, se necessário, de tudo. Não foi a primeira vez, eu demorei pra tomar uma atitude, esses dias mesmo eu fiquei pensativa com medo de prejudicar os outros e pensei em ser mais pacífica", afirmou Larissa.

Publicidade

"Mas na hora de prejudicar meu psicológico, me agredir, me humilhar, me impedir de levar minhas coisas, coisas do meu filho e minha cachorra, ninguém pensou... então hoje eu levantei decidida a tomar uma atitude, vir finalmente conversar claramente e tirar as dúvidas de vocês", acrescentou.

Em seguida, falou sobre a situação, reforçou as agressões e publicou fotos com o corpo roxo e até com a orelha, onde tem piercings e brincos, sangrando.

Publicidade

À pergunta se seu filho presenciava as brigas, ela disse que discussões sim, porém agressões não. Larissa afirmou que MC Dricka não dava muita atenção ao seu filho, por isso ele acabava ficando mais com a avó.

A modelo também afirmou que está morando em Guarulhos, na Grande São Paulo, com os pais em um apartamento alugado. Quando ela deixou a casa da ex-namorada, em Arujá, também na região metropolitana, no fim do mês passado, ela foi impedida de pegar o Uber na porta da residência.

Larissa disse que, após ser novamente agredida, ela chamou um carro por aplicativo para ir embora da casa da funkeira. Porém, recebeu uma mensagem da portaria do condomínio que dizia que Fernanda não havia autorizado a entrada do motorista.

A vítima também publicou prints da conversa no WhatsApp. Em seguida, relatou o ocorrido e afirmou que foi com o carro da cantora, um Chevrolet Ônix, até a portaria, onde o estacionou para poder ir embora.

As fotos mais antigas em que Larissa aparece com hematomas são no dia 30 de julho. Elas mostram os roxos nos braços e pescoço, além da orelha sangrando.

Quando questionada sobre o porquê de continuar no relacionamento, Larissa afirmou: "Porque eu acreditava na mudança. Ela demonstrava arrependimento e eu acreditava, dizia que só tinha eu na vida dela. Eu a amava, eu sofria muito quando nos separávamos, uma dependência emocional, e voltava. Pra quem olha de fora parece simples, mas era uma situação muito complexa, esse tipo de relacionamento não desejo pra ninguém".

No registro de ocorrência da PM, divulgado pela modelo, a natureza era "violência doméstica", ocorrida por volta das 15h do dia 17 de novembro.

Solicitamos uma nova nota à assessoria de imprensa da cantora.

Veja o que disse Larissa na íntegra:

Eu sou uma pessoa que sempre tento resolver as coisas da melhor maneira pra não virar uma bola de neve e eu não gosto de colecionar mágoas. Mas tem certas coisas que passamos que temos que nos colocar como prioridade.

Parece que eu vou morrer por dentro todos os dias aguentando tudo. Vocês me mandam mensagens perguntando muitas coisas, esses dias coloquei caixinha de pergunta e não respondi nenhuma, pois era tudo sobre o mesmo assunto. Não acho justo comigo mesma esse silêncio todo, pessoas me julgando dizendo que eu estava mentindo porque eu não vim me pronunciar. Eu jamais mentiria um assunto tão grave. JAMAIS!!!

Eu falei que quando melhorasse iria vir falar com vocês... não estou 100% bem, mas estou disposta.

Antes de qualquer coisa, sim, houve agressão fíisica, fiz o boletim de ocorrência, fiz corpo de delito.

Tenho fotos, se necessário, de tudo. Não foi a primeira vez, eu demorei pra tomar uma atitude, esses dias mesmo eu fiquei pensativa com medo de prejudicar os outros e pensei em ser mais pacífica.

Mas na hora de prejudicar meu psicológico, me agredir, me humilhar, me impedir de levar minhas coisas, coisas do meu filho e minha cachorra, ninguém pensou... então hoje eu levantei decidida em tomar uma atitude, vir finalmente conversar claramente e tirar as dúvidas de vocês.

Motivo da briga: ouvi uma voz de mulher no celular dela (minhas seguidoras já entenderam tudo) e ela não quis me falar o que era. Preferiu me xingar, bater e mandar eu ir embora do que falar quem e o que era!!

Apesar de tudo, eu não ia vir falar! E eu fiz o POSSÍVEL pra não chegar nesse ponto de eu vir expor tudo, eu JURO pra vocês.

A partir daqui vou ter que aguentar muitas coisas, mas eu estou PREPARADA pra TUDO.

Em relação a ciúmes:

Nos duas tínhamos ciúmes, mas a diferença era que, se alguém olhasse ou desse em cima de mim, eu era a culpada!

Eu tinha ciúmes, por exemplo, alguma menina pedia selinho pra ela, pedia pra sentar no colo (tinha menina q era assim, não sei se era de propósito pra causar), mas eu não gostava.

ÓBVIO ninguém ia gostar, e já briguei com duas meninas por isso, mas não culpava a pessoa que estava comigo. Inclusive, tem fãs dela que virei amiga até hoje. Criava grupo com as meninas e tudo mais.

Podem perguntar tudo que for necessário! Estou disposta e preparada para tudo, a verdade é essa.

MC Dricka se pronunciou em 18 de novembro:

A MC Dricka, através de sua assessoria de imprensa, vem se manifestar acerca dos últimos acontecimentos envolvendo o nome da artista.

Diante de tudo o que está sendo veiculado, a equipe jurídica da cantora está apurando as acusações imputadas e todos os episódios narrados, para que somente após a conclusão de todos os trabalhos realizar o pronunciamento oficial.

Todas as medidas estão sendo tomadas, e o silêncio da artista nesse momento se faz necessário, por cautela e para que não seja cometida nenhuma injustiça e toda a verdade seja de fato esclarecida.

Mc Dricka é uma mulher preta, de origem periférica, com orientação sexual homossexual e repudia todo e qualquer tipo de violência, fazendo questão sempre de externar isso através do seu trabalho, para que todos que a seguem possam acompanhar e entender melhor sobre sua luta diária.

Por se tratar de um assunto sério e que envolve questões legais e, diante da necessidade de preservação da ética e sigilo dos profissionais envolvidos, não será repassada nenhuma informação, até que tudo seja apurado e chegue ao conhecimento da equipe jurídica, bem como da artista.

Mc Dricka agradece a todas as mensagens de carinho, apoio e solidariedade que tem recebido e garante que, em breve, fará questão de se manifestar em respeito à sua família, seus fãs e todas as pessoas que acompanham direta ou indiretamente seu trabalho e toda sua jornada até aqui.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.