Famosos e TV Filho de Anderson, do Molejo, fala sobre MC Maylon: 'Quer fama'

Filho de Anderson, do Molejo, fala sobre MC Maylon: 'Quer fama'

Ao R7, Leozinho Bradock afirmou que o pai é inocente e disse que o rapaz, que acusa o cantor de estupro, agiu de forma pensada

Resumindo a Notícia

  • Leozinho Bradock, filho de Anderson Leonardo, pediu respeito ao pai após ataques
  • Ele disse acreditar na inocência do pai e afirmou que o Maylon e a mãe 'querem fama'
  • Leozinho disse que o rapaz o procurou para falar que ia expor Anderson publicamente
  • Para o filho de Anderson, Maylon fez tudo de 'forma pensada'

Apoio, paz e respeito são as três coisas que o filho de Anderson Leonardo, Leozinho Bradock, mais deseja ao pai e à sua família neste momento. O cantor, conhecido por integrar o grupo musical Molejo, foi acusado de estupro por MC Maylon, de 21 anos.

Filho de Anderson saiu em defesa do pai

Filho de Anderson saiu em defesa do pai

Reprodução/Instagram

Em entrevista ao R7, Leozinho disse que Maylon teria ligado para ele, no dia em que foi à delegacia denunciar o pagodeiro, dizendo que iria tornar pública a relação entre ele o cantor. Ainda de acordo com o filho de Anderson, o rapaz não comentou sobre a acusação de estupro durante o telefonema.

"Ele me ligou enquanto estava na delegacia e disse: 'Irmão, sei que você não sabe e que não está ciente disso, mas eu estou tendo um caso com o seu pai e vou tornar isso público'. Na hora, eu disse que tudo bem, o corpo era dele, ele fez o que ele quis com o meu pai", contou Leozinho.

O filho do artista relatou ainda que, três horas depois da tal conversa, recebeu um vídeo do jovem, que é funkeiro, dizendo que estava na delegacia. Em seguida, ele foi surpreendido com a denúncia de abuso sexual contra o pai. "Isso não foi dito da parte dele para mim. Ele me liga, fala um monte, mente e agora a gente está vendo no que deu", disse.

Leozinho, que também é pagodeiro, afirmou que o pai é inocente e que conseguirá provar isso na Justiça. "Está estampado na cara dele (Maylon) e da mãe dele que tudo isso é mentira. Eles só querem 15 minutos de fama. Eu tenho certeza que ele fez tudo isso de forma pensada, ele é uma pessoa sem alma e sem luz", afirmou.

O músico contou ainda que o jovem tentou chantagear Anderson para conseguir alavancar sua carreira musical, mas, como não conseguiu o que queria, optou por tornar o caso público. "Ele quis ameaçar e chantagear o meu pai. Como não conseguiu nada, viu que última saída era expor essa mentira, como foi feito. Ele fez tudo isso para ser famoso, mas só conseguiu fama negativa."

Publicamente, Maylon alegou que era próximo da família de Anderson e era tido como um afilhado do cantor, mas Leozinho conta que era uma relação de "muita insistência". "A gente conheceu ele em julho do ano passado. Desde então, ele não desgrudou mais, sempre ia aos shows do meu pai. A gente chegava e ele já estava lá. E sempre ficava insistindo para cantar e a gente deixava. Até fazer tatuagem do meu pai ele fez. E a gente ficou sem entender, porque nunca fomos tão próximos assim para tudo isso", explicou.

De acordo com o artista, desde que a denúncia foi exposta, no dia 4 de fevereiro deste ano, seu pai vem recebendo ataques, nas redes sociais, tanto de anônimos quanto de desconhecidos. "Isso foi o que me deixou mais chateado. Eu vi pessoas que diziam nos amar sendo os primeiros a debochar e fazerem piadas de mau gosto com meu pai, poucos vieram perguntar como a gente estava", lamentou.

Nas redes sociais, Leozinho já havia se solidarizado com o pai. "Eu me orgulho de tudo que fez pela minha vida, pelo meu crescimento. E desde sempre o senhor nunca me escondeu nada da sua vida, e sempre me ensinou que devemos assumir a verdade, independente do que os outros pensam. Eu te amo, e me orgulho de me chamar Anderson Leonardo por sua causa. Vamos seguir com o que sempre fizemos, e compartilhando aos nossos a nossa educação de saber respeitar o nosso próximo independente de qualquer diferença", escreveu.

Últimas