Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Filhos de Gugu discutiram sobre mãe ser barriga de aluguel em conversa com advogados

João Augusto argumenta que os pais não tinham uma união estável, enquanto as gêmeas Marina e Sofia apoiam a mãe

Famosos e TV|Do R7

Em conversas vazadas, João Augusto Liberato ataca a mãe enquanto gêmeas a defendem
Em conversas vazadas, João Augusto Liberato ataca a mãe enquanto gêmeas a defendem Em conversas vazadas, João Augusto Liberato ataca a mãe enquanto gêmeas a defendem

A audiência sobre a herança de Gugu Liberato — que morreu em 2019, ao bater a cabeça após sofrer uma queda de 4 metros na casa dele em Orlando, nos Estados Unidos — começou no último dia 22 e ganhou um novo capítulo. Segundo a revista Veja, os filhos do apresentador e de Rose Miriam tiveram grandes discussões sobre a relação que os pais tinham antes da tragédia.

As gêmeas Marina e Sofia apoiam a mãe e se posicionam contra João Augusto, que argumenta que o apresentador e Rose não tinham uma união estável.

O jornalista Valmir Moratelli teve acesso a transcrição de uma reunião realizada em setembro de 2021 que mostram diálogos entre os três filhos do Gugu, em que eles dão os diferentes pontos de vista. "Ela não foi uma barriga de aluguel. Você acha que a nossa mãe foi uma barriga de aluguel?", questiona Marina ao irmão. Ele responde: "Mas ela concordou em fazer isso, foi a vida que ela quis".

Marina também relembrou a briga entre João e Rose Miriam. "Você acha que não quero ver a mamãe feliz? Você acha?", pergunta o primogênito. "Acho, você odeia ela", responde a irmã.

"Que? Você acha que eu odeio a minha mãe? Eu nem consigo falar com ela... Você acha que eu consigo falar com ela? Eu terminei com a minha namorada, você acha que eu quis falar com ela? Você acha que eu vou falar com alguém que está me atacando? Sendo que eu tô querendo dar dinheiro pra ela", diz ele.

Marina volta a tentar defender a mãe: "Ela não tá te atacando, ela só quer o seu melhor". O primogênito, então, responde: "Não me sinto confortável em falar com alguém que tá disputando na Justiça contra [mim] - antigamente por 65% do que a gente tinha".

"Eu quero fazer esse acordo, tô tentando fazer esse acordo há meses, há anos... para terminar essa p*rra desse negócio judicial (...) A gente quer fazer um acordo em que ela se sinta bem, é isso que a gente quer. Só que não vai ter união estável, porque não existiu união estável", completa ele.

Além disso, em prints de conversas do WhatsApp entre a gêmea e João, a jovem diz que prefere que a mãe seja reconhecida como mulher do Gugu do que ter sua imagem associada a uma "menina que nasceu de uma barriga de aluguel".

"Nossa mãe nunca vai aceitar não ser reconhecida como união estável, então não vai ter acordo sem o reconhecimento para ela. A coisa mais importante pra mamãe é ser reconhecida como união estável, não é o dinheiro", escreveu Marina.

João, então, tenta entender a irmã, mas diz que o único desejo de Gugu era ter filhos e que Rose aceitou cumprir esse papel: "Se a mamãe e a nossa família não tivessem entrado em processos contra a gente e exposto nossas vidas pro Brasil inteiro na mídia, a gente não teria que estar passando por isso".

Ele ainda escreveu que também não quer ser conhecido como o "menino que nasceu de barriga de aluguel", mas essa foi a realidade que eles tiveram: "O papai nunca quis ter um casamento, nunca quis morar junto com ninguém, mas ele queria filhos e teve a gente. A mamãe e nossa família por parte de mãe precisam de dinheiro, Marina. Sem dinheiro ninguém tem nada. O papai sempre soube que a gente nunca deixaria a mamãe na mão em relação a dinheiro".

Marina respondeu que a falta da união estável abre brecha para que terceiros achem que têm direito à herança. "Podem entrar em um processo contra a gente, e quem não iria querer tentar ganhar dinheiro, né?", disse.

Os irmãos tinham o mesmo advogado na época das conversas, porém, hoje são profissionais diferentes. O julgamento definirá se Rose Miriam Di Matteo, mãe dos três filhos do apresentador, tem direito à herança milionária deixada por ele.

O apresentador deixou 75% do patrimônio aos três filhos e os 25% restantes para os cinco sobrinhos. Rose foi deixada de fora do testamento do comunicador, mas argumenta que tem direito aos bens porque teria uma união estável com ele.

Veja como está a briga da família de Gugu Liberato pela herança de R$ 1 bilhão deixada pelo apresentador

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.