Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

'Fiquei torcendo para o Silvio não ficar sabendo', diz Portiolli sobre diagnóstico de câncer

Em entrevista ao R7, o apresentador revelou que não queria que o dono do SBT soubesse da sua doença e explicou o motivo

Famosos e TV|Gilvan Marques, do R7

Celso Portiolli fala sobre o diagnóstico de câncer, feito em novembro de 2021
Celso Portiolli fala sobre o diagnóstico de câncer, feito em novembro de 2021 Celso Portiolli fala sobre o diagnóstico de câncer, feito em novembro de 2021

O apresentador Celso Portiolli afirmou que não queria que Silvio Santos, dono do SBT, emissora na qual trabalha há mais de 27 anos, soubesse do seu diagnóstico de câncer na bexiga, descoberto em 2021. Atualmente, o comunicador diz estar com a saúde em dia e que nunca esteve tão saudável como agora.

"Eu não falei com ele [Silvio Santos, sobre a doença]. Eu fiquei torcendo para ele não ficar sabendo [risos]", disse Portiolli, em entrevista ao R7, logo após participar de O Programa de Todos os Programas na última terça-feira (25).

"Por que vai ficar preocupado com isso, né? Eu não queria que ele ficasse preocupado. Eu queria que ele ficasse mais tranquilo. [Às vezes,] a notícia chega pela mídia, e chega toda distorcida. As pessoas exageram muito. Primeiro, eu queria que não chegasse e, quando chegou, chegou porque eu falei com a filha dele", acrescentou.

Portiolli conta que foi diagnosticado com câncer na bexiga após o exame de ultrassonografia feito em um check-up, que ele realiza a cada seis meses, e que, por meio de vídeo, decidiu então compartilhar a informação com os fãs nas redes sociais.

Publicidade

"Cheguei em casa, contei para a minha mulher. Fiquei meio perdido, não sabia o que fazer direito, pensando: 'Quem vai me atender, que médico vai ser, como é que vai ser [o tratamento]?'", relembra ele.

"O que dá medo primeiro é a palavra 'câncer'. Quando fala 'câncer', você já fica com medo. Fiquei um pouco sem chão. Mas é bom levar um susto assim, para você dar mais valor à vida, mais valor às coisas, se apegar mais a Deus, né? Ter uma intimidade maior com Deus, amplificar sua fé. Mas que assusta, assusta. Quem fala que não, é mentira."

Publicidade

Segundo o Inca (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de bexiga é o mais comum do trato urinário — mais incidente em homens. A organização estimou que, em 2022, o Brasil teria, em média, 7.590 casos da doença em homens e 3.050 em mulheres.

A doença é causada, geralmente, pelas impurezas que o indivíduo consome ao longo da vida, pois elas têm forte contato com a mucosa da bexiga. Aquelas com potencial cancerígeno podem dar origem a tumores. O sintoma mais frequente da doença é a presença de sangue na urina. Em casos mais avançados, o paciente também pode ter dor na bexiga.

Publicidade

Sucessão de Silvio Santos: 'Não é uma coisa que eu aspiro'

Volta e meia, o nome de Celso Portiolli aparece como um dos sucessores de Silvio Santos, embora outros nomes — como o da própria filha Patrícia Abravanel — também estejam no páreo. 

"O meu nome é ventilado pela mídia [como sucessor de Silvio Santos] desde sempre, desde quando eu estava no ventre da minha mãe [risos]", disse ele, com a já tradicional gargalhada. "Mas [a especulação] me incomoda. É como dizer que você vai entrar no lugar do Pelé, né? É uma coisa que me deixa honrado", afirma.

Publicidade

"Mas [a sucessão] não é uma coisa que eu aspiro. Não quero ficar no lugar de ninguém. A minha preocupação é achar alguém para substituir o Portiolli daqui a uns 30 anos", acrescenta ele, rindo.

Sobre a possibilidade de se aposentar, Portiolli resume: "Enquanto a televisão tiver fôlego e precisar de mim, eu estarei lá. Mas eu sou hiperativo. Se parar de trabalhar, eu enlouqueço".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.