Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Gabriela Pugliesi diz que o filho teve bronquiolite com sete dias de vida

A influenciadora contou que passou por dias muito difíceis com o pequeno no hospital, mas que agora ele está bem melhor

Famosos e TV|Do R7

Gabriela Pugliesi
Gabriela Pugliesi Gabriela Pugliesi

Gabriela Pugliesi contou em suas redes sociais, nesta terça-feira (15), que o filho recém-nascido, Lion, foi diagnosticado com bronquiolite quando estava com apenas 7 dias de vida. Mamãe de primeira viagem, ela disse que se desesperou ao saber da doença, que passou por dias difíceis e aconselhou outras mães de bebês pequenos sobre receberem visitas em casa.

"Passei pelo primeiro baque da maternidade, sei que isso faz parte, mas mexeu muito comigo. Ficamos no hospital, graças a Deus, temos esse privilégio de ter um bom hospital, bons profissionais cuidando dele, mas quando viramos mães, me peguei aflita pensando em todas as outras mães com nenéns pequenos... enfim, quero fazer um alerta pra quem está tendo filho agora, tentar não receber visita, porque é um vírus muito chato. Ele pegou esse VSR, graças a Deus é um neném muito forte, então o vírus não evoluiu para o pulmão, mas ele teve que fazer aspiração com sonda... É tudo muito mais puxado e tinham várias crianças na UTI da pediatria com vírus, gripe... é muito ruim! Não gostaria que nenhuma mãe passasse pelo que a gente passou esses dias", começou ela.

A influenciadora deu algumas dicas de como evitar a transmissão desse vírus. "Controle visita com recém-nascido, não deixa, porque todo cuidado é pouco. Graças a Deus está tudo bem, ele é forte, mas vamos ter que continuar fazendo fisio aqui em casa, porque um neném pequeno eles não sabem tirar esse catarro, tem que aspirar, fazer inalação, mas ele já está mamando muito bem", disse.

"Esses dias, estava focada nele, nem lembrei que Stories existe... Agora estou feliz, porque estamos em casa. Mãe tem que ser muito forte mesmo. Não queria que nenhuma mãe passasse por isso... Os bebês são muito indefesos ainda... E importante: como percebemos? Nenéns recém-nascidos eles roncam, fungam, soluçam, é normal, mas ele começou a ter catarro espesso que não era um barulhinho normal de recém-nascido. E aí ele não conseguia mamar, porque só consegue respirar pelo nariz e isso foi preocupando... a sorte foi que fiquei atenta a esses sinais, percebi que ele não estava legal. Falamos com pediatra e ele pediu para internar. Ele estava desde sábado lá", completou.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.