Famosos e TV Gisele Bündchen diz que gostaria que Tom Brady fosse mais presente: 'Fiz minha parte'

Gisele Bündchen diz que gostaria que Tom Brady fosse mais presente: 'Fiz minha parte'

Modelo comentou a relação com o marido após rumores de que eles estariam vivendo uma crise no casamento de 13 anos

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Gisele afirmou que sente medo de Brady voltar a jogar

  • Casal teria brigado no fim de agosto

  • Modelo disse que tem se empenhado em fortificar a família

  • Os dois têm dois filhos juntos

Gisele afirmou que esperava que Tom Brady se aposentasse

Gisele afirmou que esperava que Tom Brady se aposentasse

Reprodução/Instagram

No fim de agosto, rumores de que Gisele Bündchen e Tom Brady estariam passando por uma crise conjugal começaram a circular.

Isso porque o treinador do Tampa Bay Buccaneers, time do jogador de futebol americano, afirmou que o quarterback deixou de treinar na época por conta de problemas pessoais. O motivo da briga seria a desistência de Brady de se aposentar e jogar mais uma temporada da NFL, liga de futebol americano.

Em entrevista à revista Elle, Gisele disse que sente medo de o marido voltar aos gramados. "Obviamente, tenho minhas preocupações. É um esporte muito violento, e tenho meus filhos e gostaria que ele estivesse mais presente", afirmou. 

A modelo ainda disse que já teve essa conversa com Brady várias vezes. "No final das contas, sinto que todos precisam tomar uma decisão que funcione para eles. Ele também precisa seguir sua alegria", continuou.

Gisele contou também que focou a família. Ela e o marido têm dois filhos: Benjamin, de 12 anos, e Vivian, de 9. "Eu fiz minha parte, que é estar lá para ele. Eu me mudei para Boston e me concentrei em criar um casulo e um ambiente amoroso para meus filhos crescerem e estarem lá apoiando ele e seus sonhos. Ver o sucesso dele na carreira me deixa feliz", completou.

Últimas