Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Hadson Nery é atacado nas redes após defender Felipe Prior: 'Não tenho culpa de nada'

Prior foi condenado a seis anos de prisão pelo crime de estupro cometido contra uma jovem em 2014; influenciador alega inocência

Famosos e TV|Do R7

Felipe Prior (à esq.) e Hadson Nery (à dir.)
Felipe Prior (à esq.) e Hadson Nery (à dir.) Felipe Prior (à esq.) e Hadson Nery (à dir.)

O ex-jogador de futebol Hadson Nery foi atacado nas redes sociais após defender o influenciador Felipe Prior, condenado a seis anos de prisão pelo crime de estupro cometido contra uma jovem em 2014. Prior irá recorrer da decisão em liberdade.

Na mensagem, Hadson diz "não ter culpa de nada" e que "não é responsável pela vida dos outros". Ele pede ainda para que seguidores parem de atacá-lo.

"Eu não tenho culpa de nada, parem de me atacar, pow! Não somos responsáveis pela vida dos outros. Cada pessoa tem seu destino, conforme suas atitudes e escolhas", iniciou ele.

"Durante nossa vida, conhecemos muitas pessoas, porém nunca saberemos, de fato, das suas atitudes e escolhas. Só nos resta aprender, porque aprendizagem é nossa e ninguém poderá fazê-la por nós. Como nós não poderemos fazer pelos outros…", completou.

Publicidade

Nery e Prior se conheceram e se tornaram amigos em um reality show.

Relembre o caso

Publicidade

As acusações de estupro contra Felipe Prior vieram a público em 2020, após o influenciador ter participado de um reality show. A condenação é referente ao caso de uma mulher protegida pelo pseudônimo de Themis. Ela afirma ter sido abusada sexualmente por Prior em 2014, durante jogos universitários para estudantes de arquitetura, na época em que o influenciador ainda estudava na Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Segundo o relato de Themis, ela estava alterada e, com uma amiga, aceitou uma carona oferecida por Prior. Quando estava sozinha no carro com Prior, ele teria se lançado sobre ela e a estuprado.

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Além de Themis, três mulheres acusam o influenciador de estupro e tentativa de estupro. Uma das supostas vítimas diz que Felipe tentou violentá-la durante a edição dos jogos universitários de 2016; outra afirmou ter sido estuprada por ele em 2018, também durante o evento para estudantes de arquitetura.

Após essas três denúncias terem sido veiculadas na mídia, uma quarta mulher também acusou o influenciador de tê-la violentado sexualmente. A quarta mulher diz ter sido estuprada por Felipe Prior em 2015.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.