Irmã de Toni Braxton fala pela 1ª vez após tentativa de suicídio

"Fui traída, usada; trabalhei demais e ganhei menos do que deveria", escreveu Tamar Braxton em desabafo nas redes sociais

Tamar Braxton relatou dias difíceis de suas vida

Tamar Braxton relatou dias difíceis de suas vida

Reprodução/Instagram

Tamar Braxton, irmã mais nova de Toni Braxton, se pronunciou aos fãs pela primeira vez após uma tentativa de suicídio. No Instagram, depois de um período de internação, a cantora agradeceu o apoio das pessoas durante "dias sombrios" que viveu.

"Obrigada a cada um que rezou por mim, pensou em mim, me enviou amor ou me demonstrou apoio. Neste momento, minha única responsabilidade é ser verdadeira comigo mesma e com aqueles que realmente me amam e se importam com a minha cura", escreveu. "Compartilhei com vocês os meus dias mais felizes, e sei que compartilhar os meus dias mais sombrios será a luz para qualquer homem ou mulher que está sentindo a mesma derrota que senti apenas uma semana atrás", disse.

No mesma mensagem, a atriz afirmou que nos últimos 11 anos de sua vida havia recebido promessas de que sua vida seria "protegida e retratada com autenticidade e honestidade", mas que ela acabou sendo enganada. "Fui traída, usada; trabalhei demais e ganhei menos do que deveria", escreveu a cantora. "Escrevi uma carta dois meses atrás pedindo liberdade do que achei que era excessivo e injusto. Expliquei em detalhes a queda pela qual estava passando. Meu grito por ajuda foi totalmente ignorado", acrescentou.

Tamar disse ainda que sentia que a pessoa que ela era de verdade tinha deixado de ter importância.

"Apenas o que eu fosse na televisão importaria. Estava testemunhando a morte lenta da mulher que eu havia me tornado, [e] isso me tirou a coragem de lutar", disse. "Sentia como se eu não estivesse mais vivendo; estava existindo pelo propósito de trazer dinheiro e audiência a uma corporação, e isso me matou", revelou.