Famosos e TV 'Jornal da Record' exibe exclusiva de Cabrini e vence concorrente em SP

'Jornal da Record' exibe exclusiva de Cabrini e vence concorrente em SP

No Rio de Janeiro, programa garantiu a segunda posição isolada com três pontos de vantagem

'Jornal da Record' vai ao ar em cinco edições diárias

'Jornal da Record' vai ao ar em cinco edições diárias

Record TV

O Jornal da Record, desta quinta-feira (15), assim como o Cidade Alerta, também exibiu trechos da entrevista exclusiva realizada por Roberto Cabrini com Débora Mello Saraiva, ex-namorada do vereador Dr. Jairinho, investigado no caso da morte do menino Henry.

Sob o comando de Christina Lemos e Luiz Fara Monteiro, o telejornal conquistou o segundo lugar absoluto em audiência, em São Paulo, com 10 pontos de média, pico de 12 pontos e share de 14%, contra 6 pontos de média da terceira colocada.

No Rio de Janeiro, foi vice-líder absoluto com 8 pontos de média, pico de 10 pontos e share de 12%. A terceira colocada obteve 5 pontos de média. A atração foi ao ar das 19h55 às 20h59.

A assistente social revelou na entrevista detalhes do seu relacionamento com Dr. Jairinho. Ela contou que durante os seis anos em que estiveram juntos, foi agredida diversas vezes e que, ao descobrir que ele estava envolvido também com Monique, a alertou sobre o comportamento do namorado.

Em depoimento exclusivo a Roberto Cabrini, Débora contou das ameaças que sofreu: "Quando ele viu que eu tinha mexido no celular dele e falou que ia sumir comigo e jogar a bolsa em algum lugar que tinha sido um assalto e ia falar com a minha mãe. Ele veio no pescoço ficou em cima de mim".

A ex-namorada ainda relatou que Dr. Jairinho agrediu seu filho. "Enzo falou que ele colocou ele deitado no sofá, colocou papel e um pano na boca dele e falou que ele não podia engolir o papel. E ficou em pé no sofá e pisou na barriga dele com todo o peso dele", relatou.

Débora também afirmou que conversou com Monique sobre Jairinho: "Ela disse que estava apavorada".

Últimas