Famosos e TV Justiça concede medida protetiva a Naiara Azevedo contra ex-marido após denúncia de agressão

Justiça concede medida protetiva a Naiara Azevedo contra ex-marido após denúncia de agressão

Cantora foi até a delegacia para fazer uma denúncia por constrangimento, mas acabou sendo encaminhada à Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher), de Goiânia (GO)

  • Famosos e TV | Do R7

Montagem R7/Reprodução/Instagram

A Justiça de Goiás aceitou, nesta quinta-feira (30), o pedido de medida protetiva feito pela defesa da cantora Naiara Azevedo contra o ex-marido, o empresário Rafael Cabral. A artista acusa Cabral de suposta violência doméstica. Os dois haviam se separado, em 2021, mas reataram a relação e continuaram juntos até junho deste ano, quando tudo teria acabado definitivamente.

A cantora foi até a delegacia para fazer uma denúncia de constrangimento, mas acabou sendo encaminhada à Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher), de Goiânia (GO), por volta de 1h desta quinta. Em conversa com agentes, Naiara revelou que sofreu agressões e ameaças — tanto do ex-marido quanto do ex-cunhado.

Segundo informações do boletim de ocorrência, obtido pelo Balanço Geral, da Record, Naiara disse ter descoberto que o ex-marido criou um seguro de vida para ela que o punha como beneficiário.

A cantora afirmou temer por sua vida e contou que o ex teria dito que acabaria com a carreira dela. Segundo Naiara, a última ameaça aconteceu em 7 de julho deste ano.

Ela pediu à polícia que o ex-marido e o ex-cunhado não possam se aproximar dela, além de querer que os dois sejam proibidos de frequentar uma de suas duas casas. A artista ainda teria descoberto que nenhum de seus bens está em seu nome.

A defesa de Rafael diz que não foi notificada sobre o caso e vai emitir um comunicado quando tudo acontecer oficialmente.

Devido ao episódio, a assessoria da artista informa que o show que aconteceria no próximo sábado (2), em Vale de São Domingos (MT), será reagendado, mas ainda sem data prevista

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

Comunicado na íntegra

A Justiça de Goiás deferiu medida protetiva em favor de Naiara de Fátima Azevedo contra o ex-marido, com base na Lei Maria da Penha, no intuito de resguardar a integridade física, psíquica, patrimonial e moral da artista.

A cantora é representada pela advogada Maria Luiza Póvoa Cruz, do escritório MLPC e Advogados Associados, nos procedimentos judiciais e extrajudiciais cabíveis. O divórcio entre a cantora e o ex-marido foi decretado em outubro de 2021.

Na madrugada desta quinta-feira (30/11), a advogada acompanhou a cantora na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher de Goiânia, para formalização do referido pedido de medida protetiva e demais ocorrências, objetivando o amparo legal contra práticas de constrangimento ilegal, lesão corporal, injúria, ameaça, apropriação indébita e violência patrimonial que vem sofrendo.

Nenhuma outra informação será prestada por parte do escritório de advocacia ou pela artista e seu porta-voz sobre o assunto, tendo em vista que os processos correm em segredo de justiça.

Em decorrência do fato citado acima, o show da artista que aconteceria neste sábado (02), no Vale de São Domingos (MT) será reagendado, mas ainda sem data prevista. As demais apresentações de Naiara Azevedo seguem inalteradas.

Naiara Azevedo exibe novo visual na web: 'Legalmente loira'

Últimas