Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Justin Bieber demonstra primeiros sinais de recuperação, diz cirurgião

Cantor canadense contraiu a síndrome de Ramsay Hunt, que afetou os nervos do ouvido e do rosto

Famosos e TV|Do R7

Justin Bieber fez um post para mostrar que uma parte de seu rosto estava paralisada
Justin Bieber fez um post para mostrar que uma parte de seu rosto estava paralisada Justin Bieber fez um post para mostrar que uma parte de seu rosto estava paralisada

O cantor pop canadense Justin Bieber apresenta os primeiros sinais de recuperação após ser diagnosticado com um vírus que paralisou metade de seu rosto, afirmou um cirurgião especializado em paralisia facial. 

Em vídeo publicado no Instagram há alguns dias, Bieber disse que contraiu a síndrome de Ramsay Hunt, que afetou os nervos do ouvido e do rosto. O cantor notou que seu olho direito não estava piscando. 

Charles Nduka, cirurgião plástico reconstrutor no Reino Unido e cofundador da instituição de caridade Facial Palsy UK, disse que cerca de 75% dos pacientes com a síndrome recuperam-se completamente caso recebam tratamento precoce, incluindo esteróides e antivirais.

"Eu percebi no vídeo compartilhado por Bieber que ele parece ter alguma evidência de recuperação, o que é encorajador", disse Nduka à Reuters. 

Publicidade

Bieber, de 28 anos, disse estar fisicamente incapaz de realizar seus próximos shows e, por isso, cancelou as próximas apresentações de sua turnê.

Em seu vídeo postado numa de suas redes sociais, o cantor contou que estava sem os movimentos de metade da face. Ele mostrou que não conseguia piscar nem mexer os lábios e a narina de um lado do rosto. "Para quem está frustrado por eu ter cancelado os próximos shows, estou fisicamente incapaz de fazê-los. Isso é bem sério, como podem ver. Queria que não fosse o caso, mas meu corpo está pedindo para eu desacelerar. Espero que entendam que estou usando esse tempo para descansar, relaxar e me recuperar 100% para fazer o que nasci para fazer".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.