Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Karoline Lima diz que foi procurada por Éder Militão para conciliação em processo de pensão

A modelo contou que irá conversar com o jogador em prol do bem-estar da filha, Cecília, de 3 meses

Famosos e TV|Do R7

Karoline Lima
Karoline Lima Karoline Lima

Karoline Lima, de 26 anos, usou suas redes sociais, na manhã deste sábado (15), para atualizar os fãs sobre o processo judicial movido pelo ex-namorado e pai de sua filha, Éder Militão, de 24, contra ela. Segundo a modelo, foi procurada pelo jogador para tentar uma conciliação.

Nos vídeos, a influenciadora começa dizendo que teve acesso a toda ação protocolada pela equipe jurídica do atleta e confirma todas as informações vazadas na mídia. O documento diz que Karoline surpreendeu Militão com a rápida gestação de Cecília e que o jogador só poderia pagar R$ 6.060,00 de pensão por esar em início de carreira. Além disso, a petição alega que há mulheres que "envergonham a classe feminina" por usarem os filhos para obtenção de vantagem.

"Eu falei pra vocês que eu ia averiguar se era realmente verdade tudo isso que está no processo que o meu ex estava movendo contra mim... se todos aqueles absurdos que estavam saindo na mídia eram realmente verdade, e sim. Venho aqui dizer pra vocês que era verdade sim, tem tudo

aquilo no processo e um pouco mais, inclusive", começou ela.

Publicidade

A modelo contou que foi procurada pelo pai de sua filha para tentar um acordo. "A novidade é que, mesmo depois de ter me colocado na Justiça e me processado, ele me procurou para tentar resolver tudo diretamente comigo. Coisa que eu tentava fazer há 2 meses e nunca tive sucesso. Pois é. Depois de toda a exposição ele me chamou pra conversar, e eu aceitei. A minha intenção nunca foi exposição, a minha intenção nunca foi processo ou baixaria. Eu só queria cuidar da minha filha, estar em paz, porque eu já passei por muita coisa. E não é mais esse ódio que eu quero pra minha vida, pelo contrário. Mas se fosse preciso eu entraria também."

"Segundo ele, não sabia do que estava escrito no processo. Ele não autorizou. Ele não estava ciente de nada. Ele não sabia. Apesar de que pessoalmente eu acho que nenhum advogado inventa ou cria nenhum processo sem autorização do cliente. O advogado não, na verdade, pasmem. Não era um advogado. Era uma advogada. Era uma mulher. Todas as atitudes que eu estou tomando são pelo bem da minha filha. Eu não quero que minha filha cresca no meio de polêmica, de exposição, de baixaria, pelo contrário. Tudo que eu vivi, eu não quero que minha filha viva, Eu não quero que minha filha passe por isso. Eu quero que ela seja uma criança feliz, que ela tenha uma ótima criação, e que ela saiba realmente o valor das coisas", continuou.

Karoline disse que irá conversar com o ex para o bem da filha. "Vou procurar entender o que ele quer fazer agora, quais são os próximos passos. O que que ele, por ele mesmo, quer oferecer pra filha dele, e vamos ver. Vai ser minha última tentativa. E pra finalizar, não achem que eu não estou bem orientada. Eu estou muito bem orientada. Eu sei de todos os meus direitos. Eu já autorizei a minha assessoria jurídica a mover tudo que eles poderiam mover contra ele. Mas, eu quis dar uma última chance. Eu quis conversar. Sabe porque?Porque essa era a minha vontade desde o começo. Então vamos ver. Porque eu estou disposta a fazer tudo numa paz, como já falei pra vocês."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.