Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Lina Mello produz peças de tricô e crochê e planeja lançar marca de roupas

A atriz de 'Reis', da Record TV, contou sobre seu processo criativo e revelou de onde vem a paixão pelas atividades manuais

Famosos e TV|Bianca Godoi, do R7

Intérprete de Mical em 'Reis', atriz pretende lançar marca com peças feitas em tricô e crochê
Intérprete de Mical em 'Reis', atriz pretende lançar marca com peças feitas em tricô e crochê Intérprete de Mical em 'Reis', atriz pretende lançar marca com peças feitas em tricô e crochê

Lina Mello interpreta Mical na série Reis, da Record TV, mas, fora das telas, a atriz tem outro talento: o artesanato. Em entrevista ao R7, ela falou sobre a paixão por crochê e tricô, que exigem o uso de diversas ferramentas, além do desenho. Com a habilidade nas atividades manuais, a artista criou várias peças de roupa e pretende lançar a própria marca no próximo ano. 

Lina já teve outras marcas
Lina já teve outras marcas Lina já teve outras marcas

“Eu sempre amei desenhar, é a minha forma de me comunicar. Minha mãe que me ensinou a fazer tricô e crochê. A minha avó fazia bastante também, e eu só sabia o básico, mas, na pandemia, encontrei um monte de fios [em casa] e eu me empolguei. Descobri vários pontos diferentes e comecei a desenhar roupas para mim”, disse Lina. 

A atriz revelou já ter cogitado seguir outras carreiras além da atuação. “Eu fiz design gráfico como primeira faculdade, então eu gostava bastante de criar marcas, fazer o branding [gestão de marcas] inteiro. Já tive de joia, de roupas que eu desenhava e mandava fazer. Fiz curso de empreendedorismo também, para ver como seria trabalhar nessa área. E foi muito bom, mas nada me brilha os olhos e me faz sentir preenchida como atuar”, destacou.

Coincidentemente, a ideia de ter a própria marca de roupas feitas com as técnicas manuais surgiu no set de gravações da novela Gênesis (2021), na época em que Lina interpretava Zilpa. “Quando fui para o Rio de Janeiro, eu tinha aquela ideia de paulista de que é sempre calor e não trouxe blusas. Entre uma cena e outra, ficava fazendo tricô e crochê para me concentrar e me acalmar. As camareiras, atores e equipe que me viam fazendo amaram e começaram a me pedir. Foi daí que surgiu a vontade de voltar a ter uma marca e, dessa vez, de tricô e crochê.” 

"Di Ponto" será o nome do projeto
"Di Ponto" será o nome do projeto "Di Ponto" será o nome do projeto

Lina também revelou o conceito do projeto, que será lançado em 2023 com o nome "Di Ponto": "É 'de ponto em ponto'. Foi uma forma que eu achei de relaxar quanto ao que eu escutava muito a minha mãe falar: 'Filha, calma, faz uma coisa por vez. O dia só tem 24 horas. Não dá para você fazer tudo de uma vez só'. Para mim, significa 'de pouco em pouco'. É um processo, cada construção de peça, de modelo. Eu não peguei nenhuma receita pronta da internet. Todas eu fui fazendo, experimentando, vendo se funcionava. O nome é para eu entender que não dá para abraçar o mundo, tem que ir com calma, aceitando e acreditando no processo das coisas e da vida”.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.