Livinho rebate acusações de agressão e racismo: 'Me respeita'

Funkeiro se irritou ao falar de MC Gerex, que o acusou de agredi-lo, e, sem citar o nome de Raielli Leon, chamou a dançarina de falsa

Mc Livinho se irritou ao falar de polêmicas

Mc Livinho se irritou ao falar de polêmicas

Reprodução/Instagram

Livinho se pronunciou nas redes sociais depois de ter tido o nome envolvido em duas polêmicas na última semana. O funkeiro foi acusado de assédio e racismo pela dançarina Raielli Leon, durante a gravação de um clipe. Dias depois, MC Gerex disse que foi agredido fisicamente por Livinho

Por meio de um texto publicado no Instagram, o funkeiro se defendeu das acusações e mostrou irritação ao falar de MC Gerex.  

"Eliziezer chamei de irmão, acreditei no sonho, nunca deixei faltar nada, sempre quando me procurou estendi a mão. Fui além de um empresário, fui um irmão. E hoje sou tratado como racista, mau-caráter e etc. Esse daqui posso provar que foi talarico com a mulher do meu DJ. Lobo em pele de cordeiro", escreveu.

Sem citar o nome de Raielli, Livinho também falou sobre a dançarina, a quem chamou de "falsa": "Pra outra menina lá que disse que sou racista, outra falsa que um dia a máscara vai cair".

Por fim, o funkeiro postou: "Me respeita. Eu nunca pisei em ninguém para estar onde estou".