Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Luciana Gimenez é assaltada em Londres por meninas de 15 anos: 'Saí gritando no meio da rua'

A apresentadora disse que conseguiu capturar uma das jovens da dupla, mas que não recuperou o dinheiro roubado

Famosos e TV|Do R7

Luciana Gimenez desembarcou em Londres no início da semana
Luciana Gimenez desembarcou em Londres no início da semana Luciana Gimenez desembarcou em Londres no início da semana

Luciana Gimenez está de férias em Londres, na Inglaterra, mas passou por uma experiência nada prazerosa na manhã deste sábado (25). A apresentadora contou em seu perfil no Instagram que foi furtada por duas jovens que tiraram dinheiro de sua bolsa.

Segundo a ex-modelo, ela correu atrás das adolescentes, chegou a pegar uma delas, mas não conseguiu recuperar a quantia, que não foi especificada.

"Pasmem. Saí do Brasil para ser assaltada em Londres. Acabei de ser assaltada. Estava com um dinheiro. O Lucas [filho mais velho de Luciana] está dizendo que foi um furto, só tiraram o dinheiro da minha bolsa. Eu estava para trocar", começou ela.

Assim que percebeu a ação, Luciana disse que tentou capturar as duas. "Eu corri atrás da menina, consegui pegar uma delas. Menina debochada, olhando para a minha cara, debochando da polícia. Um absurdo. Coitados dos policiais de ter que lidar com esse tipo de gente. Eu saí gritando no meio da rua. Eu peguei uma delas, a outra conseguiu escapar. Ela estava com o meu dinheiro e um celular."

Publicidade

"Eu dei mole. Fui pagar o negócio no caixa e o dinheiro estava na parte de trás da bolsa. Corri atrás da menina gritando muito. Corri. Mas acho que é uma técnica delas, uma fica mais devagar para você pegar, é a que não tem nada, e a outra consegue escapar. Ficou debochando da cara dos policiais", contou.

Minutos depois, mais calma, a apresentadora detalhou como tudo aconteceu. "Eu estava em uma loja e tinha um dinheiro, que estava na minha bolsa, para depositar no banco. Eu estava pagando uma coisa com o meu celular, então não percebi, não prestei atenção. Umas menininhas pegaram, saíram correndo... A gente fica chocada. Me deu uma raiva! Eu falei para ela que deveria pensar em estudar e em viver a vida. A moça da loja me falou que os parentes delas fazem isso também. Quando essas coisas acontecem com a gente, dá um desespero. E o pior é que a polícia falou que elas têm mais direitos que a gente, porque são menores", explicou.

Publicidade

"A gente fica se sentindo violada. Só porque a menina tem quinze anos de idade, ela tem direitos mais importantes que a gente? Ela pegou o meu dinheiro e roubou um celular de um senhor. A gente fala do Brasil, mas em todos os lugares é igual. É impressionante. Só porque ela tem quinze anos de idade? A menina é ladra, estava debochando da polícia. Falou: 'A polícia não vai fazer nada porque tenho quinze anos'. A gente tem que saber separar as coisas. A menina é bandida. Eu saí correndo e peguei ela, mas a amiga que estava com o dinheiro. Não revi meu dinheiro, me ferrei. Mas pelo menos foi só isso, não pegaram meu passaporte e nem celular, mas foi horrível. A gente se sente violada, e as leis estão confusas no mundo inteiro", completou.

Assista ao vídeo:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.