Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Mesmo cortada do desfile da Grande Rio, Yasmin Brunet volta à Sapucaí com look ousado

A modelo disse que não ia se deixar abalar pelos ataques feitos pela filha do presidente da escola de samba

Famosos e TV|Do R7, com Estadão Conteúdo

Yasmin Brunet
Yasmin Brunet Yasmin Brunet

Após se defender das polêmicas relacionadas a Grande Rio, Yasmin Brunet decidiu curtir o desfile das campeãs, que aconteceu na noite deste sábado (25), no Sambódromo da Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro.

A modelo abusou da sensualidade ao escolher peças cravejadas de brilho. "Curtindo o último dia do Carnaval", escreveu ela na legenda da publicação em que aparece com grande sorriso no rosto.

Na sexta-feira (24), Yasmin foi cortada do desfile das campeãs com a Grande Rio após brigar com Thainá Oliveira, filha do presidente da agremiação, Helinho Oliveira.

Entenda a polêmica

A filha de Helinho criticou o comportamento de uma musa da escola e os internautas apontaram que poderia se tratar de Yasmin, o que se confirmou com o comunicado feito pela modelo também nas redes sociais.

Publicidade

Segundo ela, a influenciadora se convidou para desfilar pela Grande Rio e ocupou a vaga que seria da atriz Susana Vieira em um carro alegórico: "Gente, no dia que ela foi subir no tripé eu estava lá. Conversei com ela, perguntei se ela estava segura. Porque, como ela se convidou, ela chegou por último. Quando ela chegou já estava tudo cheio".

Thainá relatou que Yasmin foi a última pessoa a chegar na concentração, a acusou e humilhar algumas pessoas da escola: "Ela fez escândalo no camarim. Ela humilhou as pessoas que estavam trabalhando e ajudando ela a vestir a fantasia".

Publicidade

Por fim, ela ainda acusou Yasmin de mentir ao dizer que pagou por sua fantasia. "A Grande Rio paga a fantasia de todo mundo. Qualquer pessoa que chegar para você e falar que pagou uma fantasia na Grande Rio é mentira".

Pronunciamento de Yasmin Brunet

Nos Stories, Yasmin alegou que tudo começou quando, três dias antes do desfile, ela foi informada de que teria que ficar em um carro alegórico e não mais na avenida.

Publicidade

"A minha fantasia era outra e quando me mudaram de lugar, mudaram a fantasia também. No dia seguinte, fui ao Centro para comprar cristais porque me foi dito que não tinham mais pedras de boa qualidade para fazer a minha nova calcinha no barracão. Fiz isso de coração aberto porque eu quis!", disse.

Com a mudança da fantasia, a calcinha de Yasmin sofreu atrasos na confecção, o que influenciou sua entrada na Sapucaí: "Não me atrasei para o desfile como estão falando. Cheguei com horas de antecedência. Infelizmente, minha calcinha não estava pronta quando cheguei. Ela não tinha o fecho e os adereços estavam costurados ainda".

Brunet compartilhou uma sequência de vídeos em que uma funcionária tenta ajudá-la a costurar a peça. A modelo também compartilhou um comprovante da compra dos cristais de sua fantasia.

Yasmin ainda agradeceu os membros da escola de samba que a ajudaram e garantiu que não queria "sair de mentirosa e ingrata".

Meditação como cura do câncer e atritos familiares: Yasmin Brunet coleciona polêmicas

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.