Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Motorista que atropelou Kayky Brito está sem trabalhar e criou vaquinha para receber ajuda

O ator foi atropelado na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, e segue internado em ventilação mecânica

Famosos e TV|Do R7

Diones Coelho da Silva, o motorista de aplicativo que atropelou Kayky Brito, está sem poder trabalhar desde o dia do acidente, no último sábado (2). Para conseguir voltar a rodar nas ruas, o motorista abriu uma vaquinha online para receber ajuda financeira e poder arcar com os custos do conserto do carro, do financiamento do veículo e das despesas mensais da família.

"Essa vaquinha é para cobrir o prejuízo do meu carro, a franquia do seguro, a prestação do carro, a mensalidade do seguro, e despesas com meus filhos até o carro ficar pronto e eu voltar a trabalhar novamente. Deus é soberano sobre todas as coisas", diz o motorista no site de arrecadação.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

A meta inicial de Diones era conseguir arrecadar o valor de R$ 30 mil. Até a amanhã desta quinta-feira (7), o motorista já havia conseguido um montante de R$ 37.063,39, vindo da doação de 600 pessoas.

Caso não consiga voltar a trabalhar, o motorista calcula que terá um prejuízo mensal de R$ 5.000, valor que cobre as despesas dele, da mulher e dos dois filhos, de 13 e 11 anos. Além disso, ele teve um prejuízo no valor de R$ 10 mil com o acidente e também precisa arcar com a franquia do seguro, de R$ 4.000, e com a prestação mensal do financiamento do veículo, de R$ 1.700.

Publicidade

O acidente

Kayky Brito foi atropelado na madrugada do último sábado (2), na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. O motorista prestou socorro ao ator e prestou depoimento à Polícia no mesmo dia. Foi constatado que ele não havia consumido drogas ou bebidas alcoólicas.

O artista sofreu politraumatismo e traumatismo craniano. Ele está internado em UTI de um hospital particular em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro e, segundo o boletim médico da última quarta-feira (6), segue em ventilação mecânica, mas apresenta "sinais de melhora evolutiva".

Início do mês é marcado por tragédias no mundo dos famosos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.