Famosos e TV Motorista que atropelou Kayky Brito quer se encontrar com o ator: 'Só depende da família'

Motorista que atropelou Kayky Brito quer se encontrar com o ator: 'Só depende da família'

O ator foi atingido por um carro de aplicativo na madrugada de 2 de setembro e sofreu politraumatismo

  • Famosos e TV | Do R7

Diones da Silva atropelou Kayky Brito e prestou socorro ao ator

Diones da Silva atropelou Kayky Brito e prestou socorro ao ator

Reprodução/Instagram

Diones da Silva, o motorista de aplicativo que atropelou Kayky Brito, revelou ter vontade de se encontrar com o ator. Na madrugada de 2 de setembro, o artista foi atingido pelo carro que Diones dirigia ao atravessar uma avenida na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, fora da faixa de pedestres. Ele sofreu politraumatismo, ficou internado e se recupera em casa.

"Tenho recebido várias mensagens perguntando se eu não vou visitar o Kayky. Com certeza, é o desejo do meu coração, só que depende da família liberar. Eles liberando, com certeza vocês vão ver esse encontro. A gente vai estar junto para poder selar isso, virar essa página, e cada um poder seguir sua vida bem", contou Diones.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
• Compartilhe esta notícia no Telegram

Kayky Brito passou quase um mês internado. Após receber alta, ele continua a recuperação com reabilitação motora em casa. Durante esse período, o ator está contando com o apoio dos pais e da irmã, a também atriz Sthefany Brito. A mulher do artista, Tamara Dalcanale, voltou para Curitiba para cuidar dos filhos.

A investigação constatou que Diones não tinha como evitar o atropelamento. O laudo pericial mostra que o motorista estava em constante desaceleração e dirigia a uma velocidade de 48 km/h, abaixo do limite permitido, que é de 70 km/h. Porém, no momento em que Kayky Brito iniciou a travessia, fora da faixa de pedestre, a velocidade era "insuficiente para que o condutor percebesse, reagisse e parasse o veículo a fim de não haver impacto".

Kayky Brito começou a atravessar a avenida menos de um segundo antes de ser atingido pelo carro de aplicativo. Esse tempo, menor do que um segundo, é insuficiente para que o motorista tenha uma reação adequada para evitar a colisão com o pedestre.

"Eu já tinha convicção da minha inocência, mas Deus fez tornar isso público para todo mundo ver que ele é Deus na minha vida, ele que me sustenta e me guarda. Sem Deus a gente não é nada. Estou muito grato a Deus, a vocês por todo carinho, por todas as mensagens e apoio que tenho recebido no meu Instagram. Gratidão a todos [...] Agora vamos virar a página e continuar falando do amor de Deus e de Jesus", disse o motorista após o resultado da perícia ter sido divulgado.

Kayky Brito vive recuperação longe da mulher, com fisioterapia e polêmica com Bruno De Luca

Últimas