Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Nakagima pede desculpas após fala sobre Yasmin Brunet, mas lembra que também foi julgado

Na mensagem, publicada em vídeo nas redes sociais, ele nega ser machista, mas lembra que também foi julgado por ela no passado

Famosos e TV|Do R7

Nakagima alfineta Yasmin Brunet
Nakagima alfineta Yasmin Brunet Nakagima alfineta Yasmin Brunet

O surfista Flávio Nakagima, amigo de Gabriel Medina, ex-marido de Yasmin Brunet, pediu desculpas "a quem se sentiu ofendido" após ter alfinetado a influenciadora nas redes sociais. Na mensagem, publicada em vídeo, ele nega ser machista, mas lembra que também foi julgado por ela no passado. (Assista ao vídeo abaixo)

A confusão começou quando Nakagima afirmou, em um post, que "essa daí está mais no palco que os cantores Xamã, [Filipe] Ret, Luan [Santana], [MC] Daniel...", nomes com quem Yasmin teria se relacionado nos últimos tempos.

Na sequência, Yasmin — que não gostou nada da fala de Nakagima — pediu respeito a ele.

“Frequentemente venho sendo alvo de Flávio Nakagima com opiniões machistas e ofensivas em razão de notícias veiculadas na mídia. A opinião dele pouco me importa, mas me entristece saber que, em pleno 2023, mulheres sejam julgadas por suas opções e escolhas”, iniciou ela, em uma nota publicada nas redes.

Publicidade

“Sou uma mulher independente e livre para fazer o que quiser — ou me relacionar com quem quiser. Lutamos para ocupar lugares por anos e anos, sermos donas dos nossos corpos e desejos. Peço apenas respeito!”, acrescentou.

Após a repercussão, Nakagima então veio a público e pediu desculpas a quem se sentiu ofendido, mas lembrou que ele também foi julgado como má companhia ao então marido dela.

"Galera, a respeito do que estão comentando, referente a Yasmin, na verdade, eu não estou desrespeitando, não estou sendo machista, não estou ofendendo ninguém", iniciou. "Eu só quis fazer um comentário porque, na época que ela começou a namorar, eu fui julgado por ser uma má companhia, mal amigo, por estar sempre acompanhado por mulher, sempre estar ficando com as pessoas."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.