Famosos e TV Príncipe Harry é rei em polêmicas envolvendo a família real britânica

Príncipe Harry é rei em polêmicas envolvendo a família real britânica

Caso mais recente foi a entrevista com revelações chocantes que o neto de Elizabeth II e a mulher, Meghan Markle, deram para Oprah

Resumindo a Notícia

  • A entrevista de Harry e Meghan Markle à Oprah deu o que falar ao redor do mundo
  • No ano passado, os dois deixaram seus privilégios reais e os títulos na família real
  • Na juventude, o príncipe já estampou capas de revistas por suas polêmicas
  • Harry chegou a admitir que bebia e usava drogas aos 17 anos
Relembre todas as polêmicas envolvendo o príncipe Harry

Relembre todas as polêmicas envolvendo o príncipe Harry

The Grosby Group

A entrevista do príncipe Harry e da mulher, Meghan Markle, à apresentadora Oprah Winfrey deu o que falar nesta segunda-feira (8) em todo mundo. Porém, essa não foi a única vez que o filho do príncipe Charles e da princesa Diana esteve envolvido em uma polêmica que deixou a família real em crise.

O R7 relembrou outra 6 vezes em que Harry gerou polêmica ao estampar as capas de vários jornais e revistas ao redor do mundo; confira

Consumo de álcool e drogas

A rainha Elizabeth II começou a se preocupar com Harry em 2002, quando o jovem, que na época tinha 17 anos, admitiu à imprensa britânica que costumava beber e fumar maconha. Com a confissão, seu pai decidiu mandá-lo para um centro de reabilitação, mas ele ficou apenas um dia na instituição.

Apelido de Harry Potter

Dois anos depois, em 2004, Harry voltou às manchetes de revista e ganhou o apelido de Harry Potter. Isso porque, ele — que na época era o terceiro na linha de sucessão — agrediu um fotógrafo que o estava seguindo e feriu o lábio do paparazzi. Harry precisou ser contido e o flagra apareceu em várias capas de jornais.

Harry usou uma suástica

Harry usou uma suástica

Reprodução/The Sun

Uniforme nazista

Os anos 2000 foram mesmo turbulentos para a realeza diante do comportamento de Harry. Em 2005, ele se viu obrigado a pedir desculpas à população judaica após o jornal The Sun divulgar uma foto do príncipe usando uma braçadeira com o símbolo da suástica nazista, em uma festa à fantasia. O episódio aconteceu duas semanas antes da avó, a rainha Elizabeth, participar de eventos que relembravam o holocausto.

Racismo

Durante a entrevista à Oprah, Meghan reforçou que ela e Archie, filho que teve com Harry, foram alvos de racismo por parte da realeza. Mas, vale lembrar, que o marido dela também já foi acusado de fazer declarações criminosas sobre cor da pele. Em 2009, vazaram alguns vídeos em que o irmão do príncipe William aparecia fazendo comentários preconceituosos contra um colega soldado. Harry chamou o homem de "nosso amiguinho Paqui", termo pejorativo usado para descrever paquistaneses, e de "raghead" que, em inglês, significa "quem usa pano na cabeça".

Harry em Las Vegas

Harry em Las Vegas

Reprodução/The Sun

Pelado em Las Vegas

Alguns anos depois, em 2012, o filho caçula de Diana voltou a ser capa das revistas britânicas. Isso porque, ele foi fotografado completamente nu em um hotel de Las Vegas, cobrindo as partes íntimas com as mãos. Na época, ele tinha 22 anos e estava acompanhado de uma garota. A família real chegou a cogitar processar o jornal The Sun, responsável pela publicação, mas desistiu, alegando que Harry estava focado em suas atividades militares no Afeganistão.

Renúncia a família real

No ano passado, Harry e a mulher, Meghan Markle, chocaram o mundo ao renunciar seus privilégios reais e a saída da família real. Eles disseram que queriam ser independentes financeiramente. Posteriormente, Harry e Meghan se mudaram para o Canadá e depois para os Estados Unidos, onde moram atualmente.

Últimas