Famosos e TV Rachel Sheherazade diz não querer contato com 17 peões: 'Não há motivo para procurá-los'

Rachel Sheherazade diz não querer contato com 17 peões: 'Não há motivo para procurá-los'

Ao R7, a jornalista falou ainda sobre frustração em expulsão de 'A Fazenda 15', transição de carreira e polêmica da casa própria

  • Famosos e TV | Gilvan Marques, do R7

Rachel Sheherazade fala sobre popularidade após 'A Fazenda 15'

Rachel Sheherazade fala sobre popularidade após 'A Fazenda 15'

Reprodução/Instagram/@rachelsheherazade

Até 2011, quando criticou duramente o dinheiro público gasto no Carnaval, Rachel Sheherazade era apenas apresentadora de um telejornal local na Paraíba. Poucos a conheciam. Após o comentário ter viralizado nas redes sociais, ela ganhou projeção nacional e foi contratada por uma emissora de televisão, em São Paulo, onde permaneceu por quase uma década.

Em 2023, um novo passo em sua carreira: Sheherazade surpreendeu meio mundo ao ser selecionada para participar de A Fazenda 15, da RECORD, um reality show a que, segundo ela, nunca tinha assistido até então. A jornalista acabou sendo expulsa do programa ao se envolver em uma discussão e ser acusada de agredir Jenny Miranda, sua colega de confinamento.

"[Eu considero a minha saída] frustrante demais, até porque não foi um ato de agressão, mas, sim, de autodefesa. Essa pessoa [Jenny] veio até mim e me encurralou. Realmente eu me senti muito frustrada por eu ser punida, e ela não. Eu digo e repito: ela roubou meu sonho de conquistar R$ 1,5 milhão, o de conquistar os meus sonhos através desse prêmio", desabafou Sheherazade em entrevista ao R7.

"Existe uma mágoa [com a Jenny], sim, pela estratégia sorrateira, maldosa, de levar uma pessoa à expulsão, de não permitir que o público me julgasse", protestou, na sequência. 

Questionada sobre querer continuar mantendo contato com os demais participantes de A Fazenda, Sheherazade é incisiva, sem rodeios.

"Entre as 22 pessoas [do elenco], eu consegui ali ter uma interação verdadeira, orgânica, com quatro pessoas: André, Jaqueline, Lucas e a Kally. Então, com essas pessoas, sim, eu vou manter contato e espero desenvolver a nossa amizade. Mas com as outras [pessoas], não tenho motivo para procurá-las, não tenho motivo para manter contato nenhum."

Sheherazade: 'O público me aceitou, me abraçou'

Após a saída da casa, Sheherazade conta ter se surpreendido com a popularidade aqui fora: mais do que quadruplicou o número de seguidores apenas no Instagram (foi dos 950 mil para 4,5 milhões), fechou contratos de publicidade e passou a fazer presença VIP em eventos.

"Não, ainda não. Estou bem longe disso", afirma ela, à pergunta se já conseguiu conquistar o valor do prêmio. "Realmente fechei alguns contratos de publicidade para a internet e estou buscando novos, mas estou muito longe, muito longe do prêmio que eu esperava ganhar. E todo mundo fala assim: 'Mas você vai conquistar aqui fora'. Eu só digo amém."

Participar de A Fazenda 15 foi um passo adiante também para a transição de sua carreira: do jornalismo para o entretenimento. Ela garante que essa mudança era algo que já avaliava anteriormente, porém, tinha algumas dúvidas persistentes. Hoje, não mais.

"Era uma transição de carreira que eu já gostaria de ter feito há alguns anos, mas sempre tive muita insegurança de fazer. Eu sei que o público gostou, o público me aceitou, me abraçou, gostou desse meu lado. Eu acho que tem tudo para dar certo", afirma.

Rachel: 'Se alguém souber como se faz essa mágica, me ensina'

Uma das polêmicas que passaram a perturbá-la fora do reality show foi a revelação de que não conseguiu comprar uma casa, mesmo recebendo um salário alto da antiga emissora em que trabalhava.

Ao R7, Rachel Sheherazade rebateu críticas sobre o assunto — inclusive, alguns recomendaram um curso de educação financeira à jornalista.

"Primeiro, eu não recebia esse pagamento [alguns veículos noticiaram o salário de R$ 200 mil]. Segundo, eu tive percalços na minha vida financeira, como o divórcio, onde eu tive que dividir 50% de tudo o que juntei na minha vida. Eu tive que dar para o meu ex-marido", justifica.

Clique aqui e receba as notícias do R7 Entretenimento no seu WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp
Compartilhe esta notícia pelo Telegram
Assine a newsletter R7 em Ponto

"E tem a questão do sustento. Eu sustento mais de uma família. Eu sustento meus dois filhos, a minha mãe e um irmão que sofre de esclerose múltipla. E passei mais de dois anos e meio aí sem emprego. Lógico, consumindo tudo o que eu tinha juntado. Então, me diz aí qual o milagre para a gente fazer. Para, além de sustentar e de ter todos esses gastos, a gente ainda conseguir comprar a própria casa. Se alguém souber como se faz essa mágica, me ensina", conclui.

Confira sete revelações sobre o passado de Rachel Sheherazade

Últimas