Famosos e TV Sérgio Hondjakoff comenta relação com o filho após reabilitação: 'Não consigo ser o pai que gostaria'

Sérgio Hondjakoff comenta relação com o filho após reabilitação: 'Não consigo ser o pai que gostaria'

O ator teve alta da clínica no fim de abril, após ter passado dez meses internado para tratar a dependência química

  • Famosos e TV | Do R7

Resumindo a Notícia
  • Sérgio Hondjakoff passou dez meses numa clínica de reabilitação.

  • Ator comenta quanto a relação com o filho dele mudou por isso.

  • 'Não consigo ser o pai que gostaria', disse o artista.

Reprodução/Record TV

Sérgio Hondjakoff comentou a relação com o filho, Benjamin, após ter deixado a reabilitação. O ator passou dez meses internado em uma clínica e recebeu alta no fim de abril. Atualmente, ele mora no Rio de Janeiro e segue com o tratamento contra a dependência química. O eterno Cabeção de Malhação já retomou a carreira, com uma participação em um curta-metragem, mas reconhece que ainda não consegue ser o pai que gostaria.

"Estou buscando melhorias, de estar mais ativo, produzir mais economicamente, estou correndo aqui atrás das minhas metas e dos meus objetivos, então infelizmente não tem como fazer tudo ao mesmo tempo. Não estou sendo aquele pai que gostaria de ser, mas acredito que vou ter ele para a vida e, por mais que eu não possa estar com ele, e de estar perdendo a fase mais fofa da vida dele, sempre que posso estou com ele, brinco e dou o meu melhor", disse em entrevista à assessora de imprensa do curta, Fabiana Fernandes.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

Um dos novos trabalhos de Serginho é no curta-metragem Se Não Houver o Amanhã, que está sendo gravado no Rio de Janeiro. A obra gira em torno da personagem Leia, interpretada por Bárbara Monteiro, uma mulher que cria os dois filhos sozinha e descobre um câncer terminal. Na história, o ator dá vida a Dr. João, o médico da personagem principal.

"Saí de um tratamento, estou há um ano limpo, então estou engatinhando emocionalmente. Estou tendo que ter muita paciência, resiliência e positividade para me manter sóbrio e para correr atrás dos meus objetivos. Mas fico feliz também de estar participando de um curta com essa temática", disse.

O artista contou que, além desse trabalho, tem propostas para fazer cinema e teatro e que vai começar a explorar outra carreira, pois quer ser terapeuta. "Tem uma novidade: estou buscando fazer uma imersão em um instituto e vou emitir meu certificado de terapeuta para, em breve, estar fazendo meus atendimentos como terapeuta de dependência química", concluiu.

Sérgio Hondjakoff puxa lista de famosos que já sofreram com vício em drogas

Últimas