Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Titi Müller é proibida pela Justiça de falar do ex-marido: 'Decisão inconstitucional'

A apresentadora acusa o pai do filho, o músico Tomás Bertoni, de cometer agressões física e psicológica contra ela

Famosos e TV|Do R7

Titi Müller acusa o ex-marido, Tomás Bertoni, de agressão

A Justiça proibiu Titi Müller de falar do ex-marido, o músico Tomás Bertoni, da banda Scalene. A apresentadora acusa o pai do filho de ter cometido violência física e psicológica contra ela durante a gestação de Benjamin, de 2 anos. Ela compartilhou um comunicado das advogadas dela que diz que essa é uma "decisão inconstitucional" e que vão entrar com recurso.

"Por força de uma liminar que prevê pena de multa, a apresentadora Titi Müller está restrita em seu direito de se manifestar a respeito das sete ações que ocorrem na Justiça entre as partes. Um novo recurso contra essa decisão inconstitucional será pedido pelas advogadas que a representam", diz a nota elaborada pela assessoria jurídica da apresentadora.

O comunicado também explica o motivo pelo qual Titi teria demorado para denunciar as supostas agressões. Segundo a nota, ela não queria que o assunto se tornasse público para que a relação com Tomás não ficasse ainda mais complicada. As advogadas também relembraram que a Justiça concedeu à apresentadora uma medida protetiva contra o ex-marido.

"As violências psicológica e física sofridas pela apresentadora se iniciaram ainda durante a gravidez, em 2020. O receio de que o caso se tornasse público, agravando a já conturbada relação com o pai de seu filho, fez com que ela evitasse a denúncia formal até o limite de suas forças e de sua segurança, o que ocorreu em 5 de agosto de 2021. Uma medida protetiva concedida pela Justiça para garantir sua integridade está em vigor desde 13 de fevereiro de 2023."

Publicidade

"Com 15 anos de uma carreira que engloba as mais diversas temáticas contemporâneas na TV e nas redes sociais, de comportamento e política a música e viagens, Titi está tolhida de abordar publicamente o assunto mais presente e relevante em sua vida atual: a maternidade. Uma violação de direito que extrapola sua condição de comunicadora e atinge a todas as mulheres e mães", finaliza a nota.

Diversos famosos manifestaram apoio a Titi. "Precisamos falar sobre isso. Precisamos nos informar. Titi, deve estar muito duro, mas pense em quantas mulheres você pode estar ajudando ao expor seu drama. Se cuide, cuide de seu pequeno", disse Fernanda Lima. "Temos que nos informar sobre essas leis. Força, Titi", desejou Cris Vianna. "Titi querida, sinta-se abraçada. Mantenha-se firme. Se há medida protetiva, é porque o cidadão ultrapassou limites (aliás, ele próprio assumiu isso). Que tudo seja resolvido", ponderou Astrid Fontenelle.

Publicidade

Veja abaixo o comunicado na íntegra:

Brenda Paixão puxa lista de famosas com relacionamentos que viraram caso de polícia

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.