Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Unidos de Vila Isabel canta a influência negra na música e levanta público na Sapucaí

Samba-enredo contagiante e desfile criativo colocam a escola na briga pelo título 

Famosos e TV|Do R7


Carro alegórico tinha movimentos nas laterais
Carro alegórico tinha movimentos nas laterais

A Unidos de Vila Isabel agitou as arquibancadas do sambódromo logo que pisou na passarela. Com um samba-enredo empolgante e letra fácil de cantar, a escola fez o coro ecoar na Sapucaí.

O enredo “O Som da Cor”, idealizado pelo carnavalesco Alex de Souza, ressaltou a influência da genialidade musical negra nas três Américas. E a diversidade é grande, vai do samba ao jazz. Apesar de muitos não reconhecerem, o tango também foi lembrado pela Vila por ter influência negra. Uma das alegorias, inclusive, representava o Caminito, um dos pontos turísticos de Buenos Aires, na Argentina. 

Grandes nomes da black music, como Michael Jackson, Stevie Wonder e Tina Turner também foram homenageados pela escola, com direito a covers.

Rainha de bateria, Sabrina Sato encarnou uma cantora de funk. Com direito a microfone, cabelão e uma fantasia ousada, a apresentadora arrasou mais uma vez. O figurino deixava a boa forma da japa evidente. Ao final do desfile, Sabrina falou do carinho que tem pela escola:

Publicidade

— Sou filha adotiva da Vila. Eles me ensinam muito. Senti de pertinho essa emoção. 

Na dispersão, a Vila teve um pequeno problema com o abre-alas. O carro, que representava um navio negreeiro, empacou na saída da passarela e as alas que vinham atrás tiveram de passar pelas laterais. Por sorte, os diretores da Vila conseguiram resolver o problema a tempo de a segunda alegoria chegar, sem comprometer o desfile.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.