Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Vídeo mostra motorista no momento em que atropela Kayky Brito

Segundo a polícia, Diones Coelho da Silva não pode ser culpado pelo acidente de trânsito

Famosos e TV|Do R7

Kayky ainda se recupera de acidente no hospital
Kayky ainda se recupera de acidente no hospital Kayky ainda se recupera de acidente no hospital

Um novo vídeo mostra a reação do motorista de aplicativo Diones Coelho da Silva no momento em que atropelou o ator Kayky Brito, na madrugada de 2 de setembro. Nas imagens gravadas de dentro do carro, é possível ver uma das passageiras sendo impulsionada para o lado no momento da colisão e o motorista assustado com a batida.

Segundos antes do acidente, a gravação mostra as passageiras conversando. No momento da batida, uma das passageiras tomba para o lado e depois acalma Diones.

"Jesus amado, senhor da Glória", diz o motorista. "Graças a Deus não aconteceu nada, está tudo bem com você?", pergunta a passageira. "Estou, mas meu carro", responde Diones antes de sair do veículo.

Montagem mostra sequência do vídeo gravado dentro do carro do motorista de aplicativo
Montagem mostra sequência do vídeo gravado dentro do carro do motorista de aplicativo Montagem mostra sequência do vídeo gravado dentro do carro do motorista de aplicativo

Diones socorreu Kayky Brito, que sofreu politraumatismo e segue internado desde então, e foi levado à delegacia. O motorista prestou depoimento e foi constatado que ele não fez uso de álcool ou drogas.

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Segundo o inquérito policial, Kayky Brito começou a atravessar a avenida menos de um segundo antes de ser atingido pelo carro de aplicativo. Esse tempo, menor do que um segundo, é insuficiente para que o motorista tenha uma reação adequada para evitar a colisão com o pedestre.

Por esses motivos, o inquérito concluiu que não há nada que Diones pudesse ter feito para evitar o atropelamento. "Não se pode imputar qualquer fato criminoso ao condutor do veículo, Diones Coelho da Silva, uma vez que dirigia em velocidade abaixo do limite da via, sem apresentar alteração na capacidade psicomotora pelo consumo de álcool (embriaguez) ou qualquer substância de efeito análogo e com a atenção devida na direção de veículo automotor, uma vez que ainda realizou ações para evitar a colisão, apesar da escassez temporal para reação e frenagem", diz a polícia.

Publicidade

Assista ao vídeo abaixo:

Mingau e Kayky Brito aos poucos se recuperam de tragédias

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.