Mãe de 1ª viagem, Giselle Itié fala sobre dificuldades de criar bebê

Giselle Itié gravou uma live na última segunda-feira, 13, para falar sobre sua experiência como mãe de primeira viagem. Ela compartilha constantemente suas dificuldades maternas na criação de Pedro Luna, de um mês, fruto do seu relacionamento com o ator da Record TV Guilherme Winter.

Durante a transmissão ao vivo, que contou com a terapeuta e educadora parental Carolinie Figueiredo, Giselle disse que pessoas comentam em suas publicações do Instagram que ela está com depressão pós-parto, o que, segundo a atriz, isso não é verdade.

"Quando estou falando ou se escrevo um texto, começo a receber comentários do tipo: 'Nossa, você está depressiva, precisa de um médico'. Nada contra se estivesse depressiva ou alguma coisa assim. Mas é delicado você ouvir uma mãe falando do que ela sente sobre maternidade e já vir com dedos julgadores: 'Você está depressiva'. Não. Ficar sem dormir é enlouquecedor", afirma.

No começo de abril, ela compartilhou uma foto ao lado do filho enquanto tentava dormir após fazer a criança pegar no sono de madrugada. "Mais uma noite de contorcionismo físico, mental e emocional. Como parar a dor do meu pequeno? Preciso manter a calma, porque se ele sentir a minha ansiedade, ele pode piorar", escreveu:

Na conversa, Giselle disse que a rotina é difícil, lembrando uma das primeiras vezes que ficou sozinha com o bebê. "Teve uma vez que não tomei café, fui almoçar só às 16h. Estava sozinha, minha mãe não estava aqui. Foi muito difícil", falou.