Entretenimento Morre no RJ a jornalista e escritora Danuza Leão, aos 88 anos

Morre no RJ a jornalista e escritora Danuza Leão, aos 88 anos

Conhecida como ‘a grande dama da noite do Rio’, ela sofria de enfisema pulmonar e faleceu por insuficiência respiratória

Sucesso como escritora, Danuza Leão ganhou dois prêmios Jabuti

Sucesso como escritora, Danuza Leão ganhou dois prêmios Jabuti

Mathias Coaracy/Estadão Conteúdo - 07.06.2008

Morreu nesta quarta-feira (22) a jornalista, escritora, atriz e ex-modelo Danuza Leão, aos 88 anos. Conhecida como "a grande dama da noite do Rio", ela sofria de enfisema pulmonar e morreu de insuficiência respiratória. O corpo será cremado no Cemitério do Caju, em data e horário não informados.

Além de ter ganhado dois prêmios Jabuti, o mais importante da literatura nacional, com os livros de memórias Quase Tudo (2005) e Danuza Leão Fazendo as Malas (2008), ela participou do filme Terra em Transe, do diretor Glauber Rocha.

Irmã da cantora Nara Leão (1942-1989), um dos grandes nomes da bossa nova, Danuza ainda foi a primeira modelo brasileira a desfilar no exterior, aos 18 anos.

Como cronista, trabalhou no Jornal do Brasil, na Folha de S.Paulo e no caderno ELA, do jornal O Globo.

Últimas