Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Andrea Bocelli transporta público para a Itália durante show em São Paulo

Apresentação teve homenagem às vítimas das enchentes no RS, presença de Sandy e filho do tenor, que exibiu camisa do Palmeiras

Música|Beatriz Lia, do R7

Andrea Bocelli recebeu a cantora Sandy como convidada em São Paulo (EMERSON SANTOS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO – 25.05.2024)

Na noite deste sábado (25), o tenor italiano Andrea Bocelli fez seu primeiro show em São Paulo, da turnê em comemoração aos 30 anos de carreira. Mesmo com uma média de temperatura de 16ºC e algumas gotas de chuva que caíam no gramado, a apresentação foi emocionante e transportou o público para diversos cenários por meio da música.

Na primeira parte da apresentação, Bocelli se concentrou em cantar sucessos de óperas. O cantor subiu ao palco por volta das 21h20, com um terno azul-brilhante impecável, e emendou três músicas. Ao fundo do palco, imagens das peças eram exibidas e faziam a imaginação do público fluir, além de levá-lo a outros lugares.

Nesse momento do show, o tenor italiano também cantou ao lado da soprano Cristina Pasaroiu, que parecia não sentir frio e dançava com um vestido verde sem mangas. O cantor ainda se apresentou com a violinista americana Caroline Campbell, cuja habilidade com o instrumento impressionou o público.

Após um intervalo de 20 minutos, a segunda parte trouxe um Bocelli mais moderno e exibiu cenas do tenor em eventos como o jubileu de prata da rainha Elizabeth 2ª. Agora com um terno dourado, o tenor se concentrou em cantar sucessos mais recentes em espanhol, português e inglês.

Publicidade

Aclamada pela plateia, Sandy foi a primeira convidada a surgir no palco. Ela cantou uma música sozinha e depois Vivo Por Ella com Bocelli. O italiano, que até então dizia poucas palavras ao público, fez questão de agradecer a presença da brasileira. Ele ainda lembrou de quando a conheceu, anos atrás, e parabenizou Sandy por ter se tornado uma grande cantora.

O outro convidado, que deixou Bocelli emocionado, foi o filho do tenor, Matteo. Ele cantou ao lado do pai e também sozinho. Matteo cativou a plateia após convidá-la a “bailar um poquito”. Como estava no estádio do Palmeiras, o jovem ainda exibiu uma camisa do time com orgulho para o público.

Publicidade

O show de abertura foi por conta de Davide Carbone, que tentou animar a plateia com canções brasileiras, originalmente italianas. São elas: Quem de Nós Dois, de Ana Carolina, e Minha Pequena Eva, de Saulo Fernandes. A primeira é a versão brasileira de La mia Storia tra le Dita, de Gianluca Grignani, e a segunda é Eva, de Umberto Tozzi.

Davide também cantou o sucesso de Laura Pausini Strani Amori e embalou o público com Volare, da banda Gipsy Kings. O cantor ainda prestou solidariedade às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul ao cantar o hino nacional do Brasil.

Publicidade

Por fim, Bocelli encerrou o show ao lado de todos os convidados e cantou sucessos como Con Te Partirò e The Perfect Symphony.

Andrea Bocelli tem 65 anos e é um dos tenores mais famosos do mundo. No Brasil, o cantor fez shows em Belo Horizonte no dia 17 de maio, em Brasília no dia 21 e em São Paulo neste sábado (25). O show deste domingo (26), no estádio do Palmeiras, encerra a turnê no país.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.