Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Best of Blues and Rock 2023: Extreme anima noite com hard rock e baladas em SP 

Primeiro dia do festival também mostrou a força brasileira do blues com Nanda Moura e o rock pesado da banda Malvada

Música|Daniel Vaughan, do R7

Banda americana Extreme, uma das mais esperadas do evento, se apresenta no palco do Best of Blues and Rock
Banda americana Extreme, uma das mais esperadas do evento, se apresenta no palco do Best of Blues and Rock Banda americana Extreme, uma das mais esperadas do evento, se apresenta no palco do Best of Blues and Rock

O Best of Blues and Rock começou, nesta sexta-feira (2), no Parque Ibirapuera, em São Paulo. Completando dez anos de atividade em 2023, o festival celebra o aniversário em três dias de shows com grandes nomes do blues e do rock mundial. Entre os destaques, estão Ira!, Dead Fish, Tom Morello, Extreme, Steve Vai, Goo Goo Dolls e Buddy Guy.

Neste primeiro dia, o público já curtiu Extreme, Nanda Moura e Malvada. A noite será encerrada pelo guitarrista Tom Morello.

Por volta das 15h40, a brasileira Nanda Moura abriu com maestria o festival. Famosa pelo talento no blues tradicional, Nanda soltou a voz e tocou guitarra no palco. A cantora ainda foi acompanhada por músicos do histórico grupo Blues Etílicos: Otávio Rocha (guitarra), César Lago (baixo) e Gil Eduardo (bateria).

Depois do blues de Nanda, o rock pesado da Malvada esquentou o lugar. Formada somente por mulheres, a banda trouxe ao palco Angel Sberse (vocal), Bruna Tsuruda (guitarra), Marina Langer (baixo) e Juliana Salgado (bateria). No show, o grupo mostrou a turnê do disco de estreia, A Noite Vai Ferver, além de novidades e covers de Rita Lee, Janis Joplin e Jimi Hendrix.

Publicidade

Hard Rock e Baladas

O Extreme entrou no palco trazendo toda a energia do hard rock americano. Nascido no fim dos anos 1980, o grupo atual conta com Gary Cherone (vocal), Nuno Bettencourt (guitarra), Patrick Badger (baixo) e Kevin Figueiredo (bateria).

Nuno Bettencourt, que já esteve até com a banda de Rihanna, ainda é um dos melhores guitarristas do rock mundial.

Publicidade

E, mesmo com o joelho machucado, o virtuose português exibiu riffs dançantes, solos rápidos e habilidades no violão nos hits Hole Hearted, Decadence Dance, Rest in Peace e Getthe Funk Out.

Do outro lado, Gary Cherone também deu o recado. Percorrendo todo o palco, Gary mantém contato direto com os fãs como um verdadeiro mestre de cerimônias. Assim como Nuno, o vocalista já esteve em outros projetos e bandas, como uma breve passagem pelo Van Halen, em 1998, e cantando recentemente na banda solo do guitarrista do Aerosmith, Joe Perry. Inclusive, Gary veio com o Joe Perry Project ao Brasil, no Best of Blues and Rock de 2022.

Publicidade

Além dos sucessos, canções mais novas, como Rise e Banshee, prenderam a atenção dos fãs. O disco novo, Six, será lançado no dia 9 de junho.

Em um breve momento, o grupo puxou um coro para We Will Rock You, do Queen.

E, claro, More Than Words não poderia ficar de fora do repertório. Foi o momento "banquinho e violão" do Extreme, com Gary e Nuno arrancando suspiros da plateia. A balada está no segundo disco da banda, Extreme II: Pornograffitti (1990), e faz muito sucesso até hoje entre velhos e novos fãs de rock.

No final, o Extreme chamou ao palco o guitarrista brasileiro Mateus Asato para tocar Get the Funk Out. Bom demais.

Veja fotos do primeiro dia de Best of Blues and Rock

" gallery_id="647a54ec43527fa452000507" url_iframe_gallery="entretenimento.r7.com/musica/best-of-blues-and-rock-2023-extreme-anima-noite-com-hard-rock-e-baladas-em-sp-02062023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.