Cantora Claudia Telles morre aos 62 anos no Rio de Janeiro

A informação foi confirmada pelo filho da artista, Bruno Telles, em comunicado publicado nas redes sociais na manhã de sábado (22)

Claudia Telles morreu aos 62 anos no Rio

Claudia Telles morreu aos 62 anos no Rio

Divulgação

A cantora Claudia Telles, de 62 anos, morreu na manhã deste sábado (22). A informação foi confirmada pelo filho da artista, que publicou um comunicado nas redes sociais.

Bruno Telles explicou que a mãe foi internada no CTI do Hospital Ronaldo Gazolla no dia 16 de janeiro por conta de uma insuficiência cardíaca e disfunção da válvula aórtica, que pode ter sido causada por uma endocardite. O quadro se agravou no dia 20, com uma nova parada, e a necessidade de doação de sangue.

No entanto, Claudia não aguentou e morreu. "Então, infelizmente tenho que vir dar essa noticia pessima a todos voces, nossa artista, minha mãe descansou hoje, depois de muita luta e muita garra. Gostaria de agradecer cada um de voces que acompanhou , torceu, orou, rezou, pela melhora dela.. cada um dos fãs que fizeram a carreira dela, a vida dela ser do jeito que foi. Ela tinha um carinho imenso por cada um de voces. com certeza foram voces que fizeram a vida dela ser feliz do jeito que foi", escreveu.

Claudia Telles ficou famosa como intérprete de canções românticas, Fim de Tarde e Eu Preciso Te Esquecer. No início da carreira, ela foi backing vocal de Roberto Carlos, José Augusto, Gilberto Gil, Jorge Ben, Belchior, Rita Lee e Fafá de Belém, entre outros.

Claudia era filha do compositor Candinho e da cantora Sylvia Telles, uma das maiores intérpretes da bossa nova. Sylvia morreu tragicamente em um acidente de carro em Maricá, aos 32 anos, em 1966.