Compositor de sucessos do reggae, DEKO lança single como cantor

Parceiro da Maneva e compondo para Ivete e Vitão, artista está divulgando a música 'Esquece a Hora'. 'Estou no meu melhor momento', comemora 

Compositor de hits do reggae, DEKO lançou single como cantor

Compositor de hits do reggae, DEKO lançou single como cantor

Divulgação

Conhecido como compositor "hitmaker do reggae nacional", DEKO está divulgando o próprio trabalho como cantor. O primeiro single do disco, Esquece a Hora, vem acompanhado de um clipe, com participação dos amigos Maneva, Planta & Raiz e Gabriel Elias (veja abaixo).

Dono de hits como Areias Claras e O Tempo, DEKO também é coautor dos sucessos To de Pé, Corre Pro Meu Mar e Sem Jeito, da banda Maneva. O artista elogia o grupo paulista: "O Maneva foi a porta principal para eu chegar onde estou".

DEKO também participou recentemente do processo de composição dos próximos lançamentos de Di Ferrero, Ivete Sangalo e Vitão.

Humilde, ele diz que não existe uma fórmula para criar uma canção que agrade o gosto popular. "Se me pedissem uma receita, eu diria que o maior segredo do sucesso, além do 'networking', é realizar isso com amor e entender que ninguém faz nada sozinho."

Dividindo o tempo das encomendas para outros artistas e a própria carreira, agora DEKO quer divulgar as novas canções para os fãs. Para saber mais sobre as novidades do "hitmaker", veja a entrevista completa.

R7 — Como surgiu sua carreira de compositor?
DEKO —
Eu comecei bem cedo... Com 15 anos eu já trabalhava com reggae e já tinha lançado o meu primeiro single. Hoje, aos 35, estou no processo de lançamento do terceiro álbum. Apesar de ter começado ainda jovem, grande parte da minha maturidade artística veio a partir 2015, onde passei a entender a música como uma empresa e não um apenas como um sonho. Acredito que esse foi o 'ponto chave' para começar a compor para outros artistas. 

R7 — E vieram os sucessos...
DEKO —
Em 2013, lancei o single Areias Claras, que conta com a participação especial do Maneva. E, de lá para cá, nossa amizade foi crescendo, além da vontade de trabalharmos juntos. Foi a partir daí que tive a oportunidade de evoluir meu lado compositor. O Maneva foi a porta principal para eu chegar onde estou. Graças aos sucessos que ecoaram pelo País, hoje sou chamado de "hitmaker do reggae".

R7 — E como é ser chamado de 'hitmaker do reggae'?
DEKO —
É algo novo e ainda não estou acostumado com isso! (risos)

R7 — Qual é a fórmula para fazer um hit?
DEKO —
Se me pedissem uma receita, eu diria que o maior segredo do sucesso, além do 'networking', é realizar isso com amor e entender que ninguém faz nada sozinho.

R7 — Quais foram seus maiores sucessos, até agora?
DEKO —
Acredito sejam os hits do Maneva To de Pé, Sem Jeito (com Rael) e Corre pro meu Mar.

R7 — E tem alguma novidade que poderá virar hit...
DEKO —
Tem muita música boa que será lançada até o final deste ano. Participei do processo de composição de faixas com Gabriel Elias, Attitude 67, Di Ferrero, Ivete Sangalo, Vitão, entre outros.

R7 — Como é trabalhar com reggae no Brasil?
DEKO —
Por muito tempo o reggae foi taxado como 'música de maconheiro' ou composições com apenas temas que falavam de praia e sol. Mas o estilo é muito mais que isso. Falamos também sobre assuntos sérios e divertidos do cotidiano, que se conectam com todos os públicos.

R7 — Quais são os novos talentos do reggae nacional?
DEKO —
Temos hoje uma cena que está cada vez mais forte. Um coletivo chamado Reggae Brazuca conta com diversos artistas e bandas de todo o País. A ideia é unir e fortalecer um cenário que há anos está esquecido.

R7 — Indique um novo talento do estilo para o R7
DEKO —
Como tenho que citar apenas um, diria para prestarem bastante atenção no trabalho do Julies. É um cara incrível que vem fazendo um belo trabalho na cena, em pouquíssimo tempo.

DEKO sobre novo disco: "Estou no meu melhor momento"

DEKO sobre novo disco: "Estou no meu melhor momento"

Divulgação/NAV-Musique Press

R7 — E, além do reggae, quais são suas influências musicais?
DEKO —
Eu ouço bastante coisa! Sambas antigos e bossa nova, com certeza, são minhas maiores inspirações como compositor. É por conta da leveza com que eles falavam de amor e a inteligência no uso das palavras. Eu acho incrível e tento, ao máximo, trazer essa beleza para minhas canções.

R7 — Como surgiu sua retomada como cantor?
DEKO —
Na verdade, eu nunca parei... É que ser músico independente no Brasil não é fácil (risos). A produção do novo trabalho iniciou, em 2018, no mesmo período que comecei a compor para outros artistas. Então, isso acabou adiando o lançamento do CD. Foi nesse período, aliás, que emplaquei oito das nove canções inéditas no premiado álbum Acústico da Casa do Lago, do Maneva. E, mesmo sem lançar um novo projeto como cantor nesses últimos anos, estou dentro do planejamento. Inclusive, estou no meu melhor momento.

R7 — Fale sobre a ideia de Esquece a Hora
DEKO —
A canção diz muito para mim. Esquece a Hora retrata o que é mais importante na minha vida: a família. Essa música nasceu de um bate papo com dois de meus amigos e parceiros de composição, Tales (Maneva) e o Julies, quando falávamos sobre a saudade de casa com a rotina de estrada. Uma letra que fala sobre tudo que precisamos para esquecer o mundo e nos conectar com que amamos.

R7 — E quais são os planos de lançamento do disco?
DEKO —
Cinco das seis músicas inéditas desse trabalho já estão prontas desde março. E, com o nascimento do meu filho, também gravei a canção que fechará o ciclo. Seja Bem-vindo será lançada no dia 16 de junho de 2021, data que meu filho comemora um ano de vida. O plano agora é divulgar os singles ao máximo. A pandemia não nos permite fazer shows no momento, então, o jeito é se adaptar a nova realidade de mercado e esperar para poder cair na estrada novamente.