Dupla mineira de rappers ganha destaque com 'Rap de Massagem'

De Belo Horizonte para o resto do país, Hot e Oreia fazem sucesso levando graça para o estilo musical: "Tiramos a dureza através do humor"

Capa do disco 'Rap de Massagem'

Capa do disco 'Rap de Massagem'

Paulo Abreu

Hot e Oreia despontam pelo estilo inusitado e autoral, somado ao humor. Os rappers mineiros conquistaram atenção do público e conseguiram destaque nas plataformas de streaming.

Em 2019, foram aproximadamente 6 milhões de reproduções no Spotify. O clipe da música Eu vou, com participação de Djonga, teve 3,9 milhões de visualizações no YouTube. 

A dupla se conheceu no início da última década, no Duelo de Mc’s de Minas Gerais. Profissionalmente estão há quatro anos dentro do rap. Criaram um sarau chamado Vira Lata, que acontece de maneira itinerante em Belo Horizonte. Logo depois fundaram o grupo DV Tribo (com os rappers FBC, Djonga, Clara Lima e Coyote Beatz).

Show da dupla Hot e Oreia em São Paulo

Show da dupla Hot e Oreia em São Paulo

Philip Fonseca

Em entrevista exclusiva ao R7,  Hot contou que o grupo de Niterói (RJ) Quinto Andar, que levava o rap de uma maneira mais bem-humorada, foi inspiração da dupla. “É o começo do Rap menos sério, underground”, diz. Outra influência vem de São Paulo. “O Pentágono [grupo], que tinha uma pegada mais rasta, diferentona. Era um rap de quebrada, mas já falava de festa e de amor”, aponta Hot.

O disco recém-lançado, Rap de Massagem, tem uma ideia por trás da brincadeira do título. “O conceito nasceu antes do álbum. A gente tem o hábito de fazer paródia, fazer música e zuar. A gente pega um disco do camaradas e zoa, e nessas zueiras nasceu um Rap de Massagem. E a gente pensou, por que não botar o nome do disco? Massagem porque a gente consegue, de um jeito leve, tirar um nó da pessoa, tiramos a dureza através do humor".

Rapper Djonga em participação especial com Oreia

Rapper Djonga em participação especial com Oreia

Philip Fonseca

Quando perguntada com quem gostaria de gravar, a dupla surpreende ao revelar a intenção de fazer parcerias com nomes da MPB, como Gilberto Gil e Caetano Veloso. “Eu iria me sentir realizado, feito na vida”, brinca Hot. No cenário internacional, a dupla não esconde a admiração por ASAP Rocky. “É um cara que a gente pira nos clipes. Ia ser f*** trabalhar junto”, finaliza Hot.

Assista ao clipe Estilo 

*Estagiário do R7, sob supervisão de Thiago Calil