Música Ed Sheeran participa de primeira audiência após acusação de plágio por 'Shape of You'

Ed Sheeran participa de primeira audiência após acusação de plágio por 'Shape of You'

Músico é acusado por Sami Chokri e Ross O'Donoghue de ter se inspirado em 'Oh Why' para a melodia do hit mundial 

AFP
  • Música | por AFP | Do R7

Sheeran (foto) e seus compositores, Steven McCutcheon e John McDaid, negaram as acusações

Sheeran (foto) e seus compositores, Steven McCutcheon e John McDaid, negaram as acusações

Reprodução/Instagram

O britânico Ed Sheeran compareceu a um tribunal de Londres, nesta sexta-feira (4), onde é processado por dois compositores que o acusam de plágio em sua música mais conhecida, Shape of You.

Vestido com terno escuro e gravata, o artista compareceu pessoalmente ao Supremo Tribunal da capital britânica no primeiro dia de um julgamento que deve durar três semanas.

Sheeran é acusado por Sami Chokri e Ross O'Donoghue de ter sido parcialmente inspirado por Oh Why para a melodia do hit global Shape Of You, a música mais vendida do mundo em 2017. As duas músicas foram tocadas na sala presidida pelo juiz Antony Zacaroli.

Para o advogado dos demandantes, Andrew Sutcliffe, “a semelhança” entre certas passagens “é surpreendente”, pois são “quase idênticas”. "Sheeran é definitivamente muito talentoso, ele é um gênio. Mas ele também é um 'pega comum'", acrescentou, referindo-se ao pássaro acusado de ser ladrão.

"Pega emprestadas ideias e as coloca em suas músicas, às vezes ele admite, às vezes não", disse. "Depende de quem você é e se eles acham que podem fazer isso impunemente", acrescentou.

O advogado sublinhou que os seus clientes são “compositores de grande talento, que merecem o mesmo respeito que qualquer outro artista e o devido reconhecimento”.

Sheeran e seus compositores, Steven McCutcheon e John McDaid, negaram as acusações. Em maio de 2018, os três pediram ao Supremo Tribunal que determinasse que os direitos autorais não haviam sido violados.

Dois meses depois, Chokri e O'Donoghue iniciaram um processo legal contra eles.

Últimas